A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 18 de Janeiro de 2017

01/09/2014 09:16

Contra crise, Prefeitura passa a administrar Hospital da Vida

Caroline Maldonado
Hospital da Vida, em Dourados, que passa a ser administrado por fundação da Prefeitura. (Foto: Dourados News)Hospital da Vida, em Dourados, que passa a ser administrado por fundação da Prefeitura. (Foto: Dourados News)

Está sob administração da Funsaud (Fundação de Serviços de Saúde) o Hospital da Vida, que fica em Dourados, a 233 quilômetros de Campo Grande. A entidade recém-criada assume o comando da instituição, que antes era de responsabilidade do Hospital Evangélico.

Veja Mais
Pela 3ª vez, transportador é flagrado levando carne sem nota de MS para o PR
Agricultura familiar é base de projeto social que distribui cestas de alimentos

O secretário de Saúde, Sebastião Nogueira, disse em entrevista ao jornal Dourados Agora, que a estrutura do hospital é precária por isso há inúmeras metas a serem alcançadas. Ele não informou prazos, mas garantiu que os usuários SUS (do Sistema Único de Saúde) terão melhorias no atendimento com a adequação do hospital frente à demanda diária de atendimento.

“Em caso de superlotação os pacientes são atendidos nos corredores, mas nós faremos de tudo para mudar essa situação. Corredor não é local apropriado para se atender paciente”, disse o secretário, que também é médico e advogado especialista em gestão hospitalar.

Ainda segundo o secretario, os funcionários da Funsaud participaram de um programa de treinamento e familiarização com o a rotina do hospital. “Mesmo com a estrutura precária, não tem porque prestar um atendimento ruim ao paciente, todos têm que ser bem atendidos e essa melhoria terá que atingir a todos os setores do Hospital da Vida”, afirmou ao jornal.


Estrutura - O Hospital da Vida é instalado em um prédio, que pertence ao Estado, onde funcionou o antigo Hospital Regional e Hospital da Mulher. Conforme a secretaria, com a readequação novos espaços serão abertos para humanizar o atendimento, mas não haverá ampliação do prédio.

“O Hospital da Vida será sempre o mesmo, do mesmo tamanho, no mesmo lugar, mas iremos abrir novos espaços dentro deste projeto de readequação, para que possamos atender os pacientes com dignidade, é isso que a comunidade espera e nós estamos trabalhando neste sentido desde que assumimos a Secretaria de Saúde”, destacou Sebastião.

De acordo com o secretário, foram adquiridos novos equipamentos já que muitos dos utilizados até então estão pelo corpo clínico do Hospital da Vida são precários e sem condição de uso. Para o secretario, o hospita “encontra-se sucateado”. “A dificuldade é muito grande, em todos os setores e isso tem afetado diretamente o atendimento e a população, que tem sido prejudicada em função desse quadro caótico do Hospital da Vida”, disse.

Com 82 leitos, entre UTIs e demais alas o Hospital da Vida deve receber reforma completa futuramente, conforme o secretario. Ainda assim, Sebastião acredita que para suprir a demanda é necessária a construção do Hospital Regional de Dourados. O Hospital Regional contará com 200 leitos e será construído pelo Governo do Estado ao longo da rodovia que liga Dourados a Ponta Porã. “Estamos cientes das inúmeras dificuldades que assumiremos, porém, por outro lado, estamos preparados para enfrentá-las e, com muito trabalho, vamos superar mais este desafio”, conclui Sebastião.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions