A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

15/02/2014 15:59

Correios disponibiliza apenas um carteiro e atrasa entregas em Jaraguari

Filipe Prado

Com apenas um carteiro na cidade, morador de Jaraguari, a 44 quilômetro de Campo Grande, reclamou do atraso no recebimento de correspondências e boletos bancários. Segundo o professor Flávio Serafim, 35 anos, os 5.776 jaguarienses estão sendo prejudicados por conta do atraso nas contas.

Veja Mais
Pistoleiro preso “some” e prefeito de Pedro Juan cobra polícia paraguaia
Morre menina de 11 meses ferida após carro da família capotar em rodovia

O professor relatou que esse problema já acontece há muito tempo na agência dos Correios da cidade. “No ano passado nós não tínhamos carteiro. Um dia eu fui reclamar e pedir minha correspondência, mas não quiseram me entregar. Eu tive que chamar a polícia”, contou.

“Nós ficamos a semana passada toda sem receber correspondências”, comentou Flávio. Ele relatou que há informações de que o carteiro ainda tenha que entregar as cartas da cidade de São Gabriel do Oeste.

Flávio disse que entrou em contato por e-mail com a agência dos Correios, para saber se iriam sanar os gastos que ele tem com juros, mas eles o informaram que “entrega de correspondências em Jaraguari está sendo efetuada temporariamente duas vezes por semana. Para que não haja cobrança de eventuais encargos, decorrentes do atraso ou não recebimento de faturas, boletos ou outros documentos, recomendamos que, em tempo hábil, entre em contato com as empresas em que possui débitos”, explicaram em resposta ao professor.

“Nem todos tem acesso ou sabem como imprimir um boleto bancário”, finalizou Flávio indignado.

Morre menina de 11 meses ferida após carro da família capotar em rodovia
Sofia de Almeida Flores, de 11 meses de vida, morreu na madrugada de hoje (5) em Dourados, a 233 km de Campo Grande, após ficar ferida em acidente oc...
Homem de 33 anos é morto com golpes de facão e foice em fazenda invadida
Um homem de 33 anos foi morto a golpes de facão e de foice durante uma briga envolvendo índios na fazenda Novilho, município de Caarapó, a 283 km de ...



A dura realidade é que não esta mais havendo contratações nos correios de Mato Grosso do Sul, pois o quadro de funcionarios esta no seu limite extremo, e quando digo extremo é extremo, não há liberações de horas extras a funcionarios, equipamentos de trabalho precario, e este pra variar foi o verão mais quentes de todos os tempos, e mesmo assim a empresa insiste e sua entrega a tarde no periodo extremo de calor e radiação... pois assim que esta os correios, e olha que o estado de MS não esta em greve, pois quase metade do Brasil esta em greve. Imagina!!
 
Oposição Sindical em 16/02/2014 17:17:20
Estou de acordo com o Professor Flávio, pois também moro em Jaraguari, e frequentemente recebo meus boletos com atrasos e venho pagando juros por isso, as empresas credoras não querem nem saber de quem é a culpa, voce tem que pagar o juro de qualquer jeito, e aí como fica nossa situação?
 
neuza camargo em 15/02/2014 22:53:09
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions