A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

22/04/2013 15:30

Corumbá pode ganhar novo espaço para esporte e lazer

Nadyenka Castro
Linha férrea na área urbana está abandonada. (Foto: Divulgação)Linha férrea na área urbana está abandonada. (Foto: Divulgação)

Corumbá, distante 419 quilômetros de Campo Grande, pode ganhar um novo espaço para esporte e lazer. A prefeitura do município quer fazer a Orla dos Ipês na área urbana da linha férrea.

Veja Mais
Força Nacional vai continuar por mais 30 dias em área onde índio foi morto
Apenas 60% dos inscritos no Enem participam da segunda prova em MS

O assunto já foi discutido com a ALL (América Latina Logística), empresa responsável pela concessão dos serviços de manutenção da linha férrea, na última sexta-feira, em Curitiba.

O prefeito Paulo Duarte (PT) e a presidente da Fundação de Desenvolvimento Urbano e Patrimônio Histórico de Corumbá, Maria Clara Scardini, conversaram com representantes da empresa.

O chefe do Executivo corumbaense apresentou a proposta de cedência, por parte da ALL, da área. A ideia é realizar a urbanização em toda a extensão dos trilhos e oferecer à população mais uma opção de lazer.

O Parque Linear Ferroviário – Orla dos Ipês, prevê construção de um parque que vai acompanhar os trilhos ferroviários, começando pela Avenida General Dutra, na região leste da cidade, seguindo pela Avenida Joaquim Wenceslau de Barros,a na região oeste, já no Bairro Aeroporto.

Pela proposta inicial, a Orla dos Ipês terá pista de caminhada, ciclovias, pista de skate, áreas de lazer e parques infantis. "É uma prioridade”, disse Paulo Duarte, observando que o projeto vai mudar uma área que divide a parte alta da parte baixa da cidade.

A ALL se mostrou receptiva à proposta o e solicitou à Prefeitura um projeto de execução, que será avaliado e depois encaminhado para a ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestre), em Brasília. "Além da cedência da área, solicitamos também a estrutura da antiga estação para construir um museu da ferrovia", explicou Duarte

Para reforçar o pedido, o prefeito e a presidente da Fuphan, mostraram fotos da situação em que se encontra hoje a via férrea. Abandono e sujeira é a imagem que se tem de um local que já foi um dos cartões postais de Corumbá. O prédio da antiga estação está praticamente em ruínas.

Após o encontro, o prefeito Paulo Duarte determinou que a equipe da Fundação de Desenvolvimento Urbano e Patrimônio Histórico mantenha constante contato com a América Latina Logística. Cumpridas as três etapas (formulação do projeto executivo, análise e encaminhamento para a ANTT) a expectativa é que a cedência da área ocorra ainda este ano.

"O nosso objetivo é que a empresa nos ceda a área entorno dos trilhos até o final deste ano e já no início de 2014 poderemos iniciar as obras de urbanização do local", comemora o prefeito.

Parcerias - No mês de janeiro o prefeito Paulo Duarte esteve na ANTT, junto com o Senador Delcídio do Amaral, para buscar apoio na implementação do projeto de recuperação da ferrovia para o transporte de cargas e de urbanização e revitalização da ferrovia dentro da área urbana de Corumbá, com a construção da Orla dos Ipês, destinando este espaço à população corumbaense para prática de esporte e lazer.

Para implementar esse projeto, a Prefeitura precisa ter anuência da ALL, responsável pelo sistema de transporte ferroviário na região, e da ANTT.

Trabalhador morre ao sofrer descarga elétrica durante conserto de bomba d'água
José Antônio Farias, 51, morreu após sofrer uma descarga elétrica enquanto arrumava uma bomba d'água às margens de uma lagoa, no distrito de Lagoa Bo...
Ciclista morre ao ser atingido por vários tiros disparados por dupla em moto
Wellington Ronaldo de Souza, 34, foi morto a tiros ao ser abordado por dois homens que estavam em uma moto. O homicídio aconteceu às 20h30 de domingo...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions