A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

25/05/2013 09:32

Criança de um ano sofre hematomas no rosto em Ceinf de Nova Andradina

Luciana Brazil
Mãe protocola denúncia no Ministério Público. (Foto: Nova News)Mãe protocola denúncia no Ministério Público. (Foto: Nova News)

Um bebê de um ano e dois meses sofreu hematomas no rosto, no Ceinf (Centro de Educação Infantil) Laurecy Correia Tomazinho, em Nova Andradina, a 300 km de Campo Grande. A direção da escola afirmou que o bebê foi machucado por outras crianças, conforme contou a mãe, Regina Rodrigues Machado. Os dois filhos gêmeos de Regina estão matriculados no Ceinf.

Veja Mais
Polícia desarticula “família do tráfico” que mandava droga para Goiás
Sem salário e 13º, enfermeiros de hospital particular iniciam greve dia 12

No horário de saída, Regina foi avisada de que o filho apresentava vários machucados no rosto. “Achei que era uma coisinha de nada, mas quando vi, percebi que se tratava de vários hematomas na face, queixo, nariz e região dos olhos”.

O bebê passou por exame médico, onde foi constatado os ferimentos. Segundo a Ceinf, uma criança teria precisado de atendimento, por necessidade fisiológica, e nessa hora aconteceu o incidente.

Regina foi à 1° Delegacia de Polícia, onde registrou Boletim de Ocorrência. Ela protocolou denúncia no Ministério Público com a finalidade de solicitar providências.

De acordo com o site Nova News, a mãe relatou o fato como sendo um descaso da equipe. Para o site ela desabafou e disse que vai transferir os filhos para outra unidade.

Ceinf lamenta e diz que o incidente aconteceu no momento em que funcionários davam atenção a outra criança. Ceinf lamenta e diz que o incidente aconteceu no momento em que funcionários davam atenção a outra criança.

“Certamente elas deixaram as crianças sozinhas, pois penso que isso não aconteceria em menos de um minuto ou dois. Eu confiava nas pessoas que trabalham naquela creche, mas, com relação ao que ocorreu com meu filho, a confiança acabou”.

A diretora do Ceinf não quis falar sobre o assunto. A coordenadora Municipal de Educação Infantil, Maria Irene Travensolo, lamentou o fato. "Se existiu algum erro vamos corrigir, mas penso que isso é coisa da idade deles. Mesmo em casa esses incidentes podem acontecer. Não estamos minimizando o que ocorreu, mas faremos o possível para encaminhar os gêmeos para outra unidade”, disse.




Achei um absurdo, este ocorrido ja trabalhei em ceinf, e chamais por um descuido ou minuto isto aconteceria, até então , as cuidadoras conhecem e sabe de cada atitude de cada criança, porque em fim nos acaba a conher um a um, até mesmo no dia dia de cada um deles, como sendo pela idade de estar em um berçario, a direção tem que ver e rever sua equipe, porque eu não deixaria barato , como se voce um simples atitude de um coleguinha tem que levar a justiça e ir até o fim...... . Eu e minhas colegas de trabalho tinhamos- amor pelas crianças e dava toda atenção que elas necessitavam.... Sinto muito por esta mãe, em estar passando por isso....
 
lizania brito em 26/05/2013 15:43:05
Desculpem....mas isso não tem explicação! esses bebes não estavam sendo cuidados de fato.
 
tatiane calixto em 26/05/2013 10:55:54
se fosse seu filho o q vc faria??? nao estaria falando essas bobagens...
esse governo tem q por cameras nas creches....para proteger nossas crianças.
 
rosimeiry quintana pinto em 26/05/2013 10:27:14
E que sirva de liçao, pq ninguem percebe que estão lotando a sala de berçario com 20 crianças e nao colocam funcionarios suficientes. E esses acidentes ocorrem em ksa sim, com responsavel q tem apenas uma criança para cuidar nao estao livres de acidentes, pq criança saudavel corre, brinca, cai, se levanta e cai de novo. Pelo amor de Deus observem a lotaçao da sala de aula q seus filhos estudam e a falta de funcionarios do ceinf e vao reivindicar la para o prefeito.
 
nadia campos em 26/05/2013 08:43:23
Eu só fã deste jornal sempre to curtindo com todas coisas e tipo de jornal meu parabém
 
Gabriel dias espindola em 26/05/2013 06:12:33
Que horror... e dificil acreditar que foi um bebê que fez tal brutalidade, eles só deveriam estar sozinhos ... bebês não podem ficar só. É um absurdos as condições de trabalho que se tem, esta profissão necessita de dedicação total, enquanto um olho pisca o outro tem que ficar aberto. Quantos adultos e quantos bebês tinham em sala???
POUCOS SABEM... QUE É OITO BEBÊS PARA CADA ADULTO E UM METRO E MEIO DE ESPAÇO EM SALA PARA CADA BEBÊ, PORÉM ISSO NAO ACONTESSE. LOTAM AS SALAS E MUITAS VEZES FICA UMA PESSOA PARA CUIDAR DE QUASE 20 BEBÊS. OS BEBÊS PRECISAM DE QUALIDADE E NAO DE QUANTIDADE.
 
HELEN ROSE em 26/05/2013 00:30:46
Isso precisa ser investigado com urgência, alguém de lá de dentro deve ter visto e esta com medo de contar o que realmente aconteceu...
ABSURDO!!!!!!!!!!
 
Solange Sartorelli em 25/05/2013 22:24:21
A coordenadora Municipal de educação defende o caso porque não é com um filho ou neto dela assim como a diretora do CEINF, no mínimo os funcionários não deram atenção suficiente as crianças, é muita irresponsabilidade deste CEINF.
 
Carmem Dilas em 25/05/2013 20:18:42
isso é um absurdo, essa coordenadora municipal de educação infantil diz isso porque não é o filho dela. Até quando perdurará esse descaso do poder publico com os serviços prestados, que diga se de passagem não são de graça, visto que pagamos uma fortuna de impostos. Aqui em Campo Grande essa falta de alimentos nos Ceifs e nós pais ficamos de mãos atadas pois não podemos levar alimento só para nossos filhos.
 
Antonia Garcia em 25/05/2013 19:46:17
Essa diretora fala isso porque não é filho dela.O dia que resolverem colocar câmeras nesses ambientes elas estão fritas!!Câmeras já!!!!!

 
alzira pires em 25/05/2013 17:41:42
É sempre assim né muito engraçado ... existe uma equipe treinada para cuidar das crianças e aconteceu , a criancinha cheia de hematomas , tem que ser investigado pelo ministério publico e tem que punir os culpados porque existe e por mais que tenha acontecido uma briga com um coleguinha mais e a quantidade de hematomas onde estavam os funcionários que não viram e a dona da ceinf não quis dar entrevista era o minimo que ela podia ter feito era estampar sua face e vir a publico dar a versão dela ... sobre o ocorrido .
 
vanderli pereira em 25/05/2013 17:40:11
Como um acidente desses acontece dentro de uma creche sem que as pessoas percebam, no minimo essas crianças ficaram um bom tempo só e não uns minutos. E se essa situação tivesse acontecido dentro da casa dessa criança, com certeza o Conselho Tutelar ja teria tomado providencias e a mãe com certeza ja estaria sendo julgada como maus tratos, e tudo mais.
E não vem dizer que isso foi um acidente e que poderia ser em casa não isso chama - se IRRESPONSABILIZABILIDADE TOTAL.
 
rosemary Cardoso em 25/05/2013 17:28:42
Isso é superlotação, falta de funcionários e fiscalização. Os hematomas podem ser sim de tombo , mas como culpar exclusivamente as funcionárias quando os CEINFS andam abarrotados ? E cade as Secretarias de Educação para abrirem concursos publicos para a contratação de novos funcionários? A diretora pode ter dito que é coisa da idade deles pois criança faz arte, sobe em lugares altos , pode ter sido queda , mas se houve agressão física o caso deve ser investigado e os autores punidos !
 
Karla Cavalcante em 25/05/2013 16:38:16
Absurdo!!!! Isto é caso de dispensa da direção e, o mais rápido possível, a atendente também deve ser punida. Basta que a comunidade acompanhe o caso.A mãe não deve transferir a criança, quem tem que ser transferida, é a diretora + a atendente.
 
Mirtes Lourenço Camilo em 25/05/2013 15:29:50
Aos entendidos de plantão, experimentem ficar em uma sala com 25 crianças pequenas sozinha, depois vem aki e postem um comentário. Mordida na educação infantil é mais comum do que vcs imaginam, e isso não acontece só na escola publica não!
 
Julia Vadão em 25/05/2013 15:20:56
pelo amor de Deus!! e ainda uma diretora falar um negocio desses!!
resumindo : i-r-r-e-s-p-o-n-s-a-b-i-l-i-d-a-d-e
 
ronaldo ferreira em 25/05/2013 12:05:46
Nossa esse hematoma não parece ter sido provocado por outra criança da mesma idade, uma criança de 1 ano ou 2 não consegueria fazer isso, o máximo seria arranhões com as unhas, isso não foi simples tapas, foi pancadas ou queda, isso deve ser melhor investigado pois essa história esstá muito mal contada!
 
Kelly Silva em 25/05/2013 11:48:23
SE VC FISSO DA COORDENADORA COM CERTEZA ELA NÃO ESTARIA FALANDO ISSO...ISSO MOSTRA O DESCASO DOS ORGÃOS PUBLICOS..
 
RAFAELA MEDEIROS em 25/05/2013 11:43:25
Nossa eu nao acredito que crianças fizeram isso e se aconteceu deve ter uns canibais e pessoas incompentente e despreparada para cuidar de crianças, e muito me admira a coordenadora dizer que isso e normal entre a idade, porque não e filha dela ....
 
lucimara leite em 25/05/2013 11:30:45
SEI, ESSE TIPO DE INCIDENTE ACONTECER EM CASA? SÓ SE FOR NA SUA CASA SENHORA MARIA IRENE, PRA CRIANÇA FICAR COM HEMATOMAS COM ESSA GRAVIDADE É PQ DEMORARAM PRA ATENDER. ISSO N É INCIDENTE ISSO É CRIME CONTRA UMA CRIANÇA Q N SABE SE DEFENDER, AS FUNCIONÁRIAS TINHAM O DEVER DE PROTEGER OS BBS
 
Ritha Cassia em 25/05/2013 10:06:09
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions