A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

19/06/2011 14:56

Defensoria Pública realiza mutirão em aldeias de Dourados

Ana Paula Carvalho

Neste domingo (19), a Defensoria Pública do Estado de Mato Grosso do Sul realiza atendimento aos indígenas das aldeias Jaguapiru e Bororo, em Dourados, município distante 233 quilómetros da Capital.

Esta é a segunda vez que a Defensoria Pública vai às aldeias. A primeira foi realizada entre os dias 8 e 10 de abril deste ano, foi iniciado o procedimento para registro dos indígenas. Na época, 8.559 índios foram atendidos, e 7.725, ou seja, 92% deles fizeram o pedido registro de nascimento.

Durante o mutirão, os indígenas poderão solicitar emissão de documentos civis, certidão de nascimento, RG, CPF e carteira de trabalho, o objetivo é tornar extinto o sub-registro e facilitar o acesso a outros documentos. O atendimento começou a partir das 08h na Escola Municipal Indígena Tengatui Marangatú, que fica dentro da aldeia Jaguapiru.

A ação faz parte dos mutirões do Comitê Gestor Estadual para Erradicação do Sub-Registro Civil de Nascimento e Ampliação do Acesso à Documentação Básica (CEESRAD/MS), vinculado a Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social (Setas).

De acordo com a defensoria, os mutirões também já foram realizados no ano de 2010 nas aldeias urbanas de Campo Grande, e nos dias 03 e 04 de junho deste ano, nas aldeias Lima Campo e Kokue’y, em Ponta Porã.

Vendedor é esfaqueado nas costas durante briga por espaço
Uma rixa antiga, de pelo menos três meses, acabou com o vendedor de espetinho, Ramão Antônio Gomes, 42, gravemente ferido ao ser esfaqueado duas veze...
Empresária é roubada na saída de lotérica e tem prejuízo de R$ 46 mil
Empresária, de 42 anos, teve prejuízo de R$ 46 mil depois de ser roubada por dois homens na saída de uma lotérica da Rua Melanio Garcia Barbosa, no c...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions