A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

08/02/2011 18:05

Defesa alega que suposto mandante é depressivo e toma remédio controlado

Jorge Almoas
Valdemir (de muletas) é apontado como mandante do crime que executou o vereador Carlos Antônio Carneiro em outubro de 2010 (Foto: João Garrigó)Valdemir (de muletas) é apontado como mandante do crime que executou o vereador Carlos Antônio Carneiro em outubro de 2010 (Foto: João Garrigó)

A defesa de Valdemir Vansan, apontado como o responsável por contratar o pistoleiro para matar o vereador Carlos Antônio Carneiro, solicitou o depoimento de um médico psiquiatra na audiência realizada nesta terça-feira no Fórum de Campo Grande. O profissional de saúde relatou que Valdemir tem depressão, com tendência ao suicídio, e faz uso de remédio controlado.

O médico psiquiatra José Alaíde dos Santos Lopes tratou de Valdemir na rede pública de saúde e emitiu diversos laudos, atestando que o motorista sofre de depressão, com tendência ao suicídio.

Por conta deste diagnóstico, Valdemir estava, na época do crime, tentando se aposentar. “A última vez que o atendi foi em julho de 2010, depois encaminhei para outro médico”, contou José Alaíde, limitando-se a não ultrapassar a barreira ética de sua profissão.

O promotor do Ministério Público Estadual, Douglas Oldegardo Cavalheiro dos Santos, questionou a dosagem do medicamento receitado para Valdemir. O psiquiatra informou que o principal remédio era Fluoxetina 20 mg, dosagem mínima, utilizada em tratamento de ansiedade e para emagrecer.

Além da Fluoxetina, Valdemir tomava outros medicamentos controlados. O motorista, juntamente com Irineu Maciel – que atirou três vezes contra o vereador – serão interrogados no dia 1° de março. Duas testemunhas de defesa serão ouvidas no dia 22 de fevereiro em Ponta Porã.




eu que sou bobinho penso que esse rapaiz que toma remedio controlado, que tem problemas diversos nao deve ser o mandante , digo o cabeça desse crime. o chefe realmente proque eu que torno a dizer sou bobinho, se o cara quer se matar tenta se aposentar, provavelmente tem problemas financeiros, porque com esse dinheiro que deu para o outro, com a promessa de apos o crime iria dar mais dinheiro, entende=se que quem quer se matar pelo menos dinheiro para comprar uma boa arma ele tinha para se matar, isso e obvio, e o que mais me da nojo sao desses advogados que tentar achar brechas na lei para defender qualquer um, tem dinheiro , eu sei como voce nao ir preso, ai vai furando , costurando as falhas da prisao, do inquerito, quando chega na mao do juiz ele nao pode fazer nada,eu ja estou deixando de ser bobinho para ser revoltadinho.
 
luiz fernandes em 09/02/2011 07:20:03
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions