A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

18/02/2015 21:48

Defesa Civil inicia levantamento sobre estragos da chuva em Nova Andradina

Daniel Machado
Em reunião no gabinete do prefeito Roberto Hashioka, técnicos da Defesa Civil elencaram as ações necessárias para que o município homologue situação de emergência. (Foto: Divulgação)Em reunião no gabinete do prefeito Roberto Hashioka, técnicos da Defesa Civil elencaram as ações necessárias para que o município homologue situação de emergência. (Foto: Divulgação)

A Coordenadoria Estadual de Defesa Civil de Mato Grosso do Sul (Cedec-MS) já iniciou o levantamento do impacto das fortes chuvas que atingiram Nova Andradina na última semana.

Veja Mais
Carreta da Justiça realiza 368 atendimentos na terceira etapa do projeto
Condutor abandona veículo carregado com 800 kg de maconha na BR-163

Em reunião no gabinete do prefeito Roberto Hashioka, o tenente-coronel Adriano Rampazo e os técnicos Wanderley Alves Pinto e Sandoval Leonardo Júnior elencaram as ações necessárias para que o município homologue situação de emergência.

De acordo com Rampazo, que exerce a função de coordenador-adjunto da Cedec-MS, o órgão também irá auxiliar o município no preenchimento de toda documentação para buscar aporte de recursos federais através de Decreto de Situação de Emergência.

A Coordenadoria Estadual de Defesa Civil de Mato Grosso do Sul também irá emitir parecer sobre os danos materiais, humanos e ambientais ocasionados em decorrência das fortes chuvas. “Este foi um evento atípico em Nova Andradina, uma situação que requer atenção por conta dos inúmeros danos públicos e privados registrados, e que até então não haviam acontecido”, frisou o tenente-coronel.

Para a ação que busca o reconhecimento de situação de emergência, o prefeito Roberto Hashioka determinou que as secretarias de Serviços Públicos, Infraestrutura, Meio Ambiente e Desenvolvimento Integrado, Cidadania e Assistência Social e Coordenadoria-Geral de Comunicação se mobilizem para o levantamento de todos os prejuízos, o que requer a documentação fotográfica e georreferencial dos locais atingidos.

Com o reconhecimento do Governo Federal, o Governo de Mato Grosso do Sul e a Prefeitura do município ficam aptos a solicitar e receber recursos da União para a recuperação dos danos ou atendimentos de urgência.

A situação de emergência é reconhecida diante de alteração intensa e grave das condições de normalidade em um município, estado ou região, decretada em razão de desastre, com comprometimento parcial da capacidade de resposta aos prejuízos, conforme a classificação estabelecida pela Codificação Brasileira de Desastres (Cobrade).

Com informações da Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Nova Andradina. 

Carreta da Justiça realiza 368 atendimentos na terceira etapa do projeto
Em oito dias de atendimentos da Carreta da Justiça em Taquarussu - município localizado a 332 km de Campo Grande -, o projeto do TJ-MS (Tribunal de J...
Sidrolândia comemora aniversário com 'balada cristã' e jogos do Operário
Sidrolândia - cidade localizada a 71 km de Campo Grande - completa no domingo (11) 63 anos de emancipação e vai receber várias atrações para comemora...
Mesmo algemada, mulher usa isqueiro e coloca fogo em viatura policial
Elaine Cristina da Silva de 37 anos foi presa na noite de ontem (8) em Sonora, distante 364 km de Campo Grande, por porte ilegal de arma. Porém, mesm...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions