A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 11 de Dezembro de 2016

20/02/2014 11:10

Depois de surto, Saúde põe Capital e mais nove cidades em alerta em MS

Viviane Oliveira
Em Campo Grane, a maior incidência de focos do mosquito está nas residências. (Foto: Cleber Gellio) Em Campo Grane, a maior incidência de focos do mosquito está nas residências. (Foto: Cleber Gellio)

Campo Grande e mais nove cidades estão em estado de alerta com média incidência de casos de dengue, de acordo com boletim epidemiológico divulgado nesta quarta-feira (19), pela Secretaria de Estado de Saúde.

Veja Mais
Bairro Guanandi enfrenta surto de dengue e preocupa moradores
Corumbaense de 62 anos pode ser a 2ª vítima fatal da dengue no Estado

Além da Capital, Corumbá, Novo Horizonte do Sul, Alcinópolis, São Gabriel do Oeste, Jateí, Água Clara, Bandeirantes, Ladário e Figueirão estão com incidência de casos da doença. Na semana passada eram sete cidades.

Os municípios de Bodoquena, Rio Negro e Antônio João continuam com alto índice de infestação, quando os casos suspeitos são acima de 300 por 100 mil habitantes. De acordo com o levantamento já são 1.845 notificações suspeitas em todo Mato Grosso do Sul. Desse número, 907 casos são em Campo Grande.

Mortes - Em Bonito, continua em investigação a morte por suspeita de dengue de Eliane Gauna Baes, 24. Em Corumbá, foi descartada a morte da idosa de 62 anos. Segundo a assessoria de imprensa da Prefeitura, a mulher morreu em decorrência de uma pneumonia.

Em Campo Grande - Na Capital, o Lira (Levantamento Rápido do Índice de Infestação do Aedes Aegypti) do mês de janeiro, o último disponível, aponta que oito bairros estão com alto índice de infestação da dengue e 64 em alerta. A doença é transmitida pelo mosquito Aedes Aegypti.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions