A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

09/08/2015 09:19

Dois homens morrem após serem esfaqueados em aldeia e bairro

Luana Rodrigues


Dois homens de 31 e 21 anos morreram após serem esfaqueados na noite deste domingo(08) em Amambai - distante 360 quilômetros de Campo Grande. Os dois homicídios teriam sido por motivos fúteis.

Veja Mais
Dupla é presa e confessa ter matado homem a pedradas e garrafadas
Pajero com 5 passageiros sai da pista, capota e “sobe” em poste de energia

Conforme o registro de ocorrência, o primeiro crime foi por volta das 17h, na aldeia indígena Limão Verde. Celso Gonçalves, de 24 anos, chegou em casa embriagada e queria que o irmão, Antonio Gonçalves, de 21 anos, que desse mais bebida alcoolica. Antonio estava comendo e se irritou com o irmão. Os dois começaram uma discussão e durante a briga, Celso esfaqueou o irmão.

Antônio conseguiu correr para fora da residência, mas foi perseguido por Celso, que acabou encontrando com Marcio da Silva, de 31 anos. Sem motivo aparente, ele esfaqueou o rapaz, que morreu na hora.

Gonçalves teve de ser medicado devido ao ferimento no rosto, mas foi liberado logo em seguida. Celso foi preso em flagrante, pelo crime de homicídio qualificado por motivo fútil. Ele também responderá pelas agressões feitas ao irmão.

O outro crime foi por volta das 21h, na praça do bairro Tiradentes. A PM(Polícia Militar) foi acionada para atender uma ocorrência de uma vítima que estava ferida e sangrando. Wilfrido ramão Monges Prieto, 21, foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros. No mesmo instante, a polícia fez uma revista pessoal nas testemunhas, quando encontrou de um homem identificado como Célio, uma faca.

O homem e outras testemunhas foram encaminhados a delegacia, e em depoimento disseram que estavam juntos com a vítima, circulando pelo local, quando Wilfrido se afastou delas por alguns minutos e ao retornar, reclamou que tinha sido esfaqueado por uma pessoa de nome Antonio centurião, vulgo ''Maninho'', que fugiu, tomando rumo ignorado.

A Polícia Militar conseguiu prender Centurião, horas depois do crime. Wilfrido morreu no hospital. O caso será investigado pela Polícia Civil.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions