A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 21 de Fevereiro de 2017

31/01/2013 12:29

Dourados profissionaliza e insere deficientes ao mercado de trabalho

Viviane Oliveira
Representantes de empresa fazem entrevista de trabalho no Centro Dorcelina Falador.
Representantes de empresa fazem entrevista de trabalho no Centro Dorcelina Falador.

O ano passado foi positivo para a inclusão no mercado de trabalho de pessoas com deficiência que são atendidas pelo Centro Dorcelina Folador. Mantido pela Prefeitura de Dourados, o Centro tem ampliado gradativamente o número de cadastrados e de atividades oferecidas às pessoas que têm algum tipo de deficiência, além de constante busca por emprego.

Luiza Mara Rodrigues, coordenadora do Centro, informou que no ano passado ocorreram 145 inclusões, através de 70 empresas parceiras, que contratam apenas cadastrados na instituição. “Temos indústrias, comércio e vários outros segmentos que procuram diretamente o Centro inclusive empresas que estão se instalando na cidade”.

A coordenadora lembra que o mais importante é que os diretores das empresas fazem as entrevistas na instituição e não no local do possível trabalho. “O candidato fica muito mais à vontade”, disse.

Há casos em que não existe essa possibilidade e, quando ocorre, uma pessoa do Centro acompanha o candidato. Outro detalhe em todo esse processo é a qualificação. Normalmente a vaga existe, mas falta a mão de obra qualificada.

A prefeitura, através do programa Qualifica Dourados/Pronatec, tem proporcionado condições para isso, com cursos gratuitos, dentro da necessidade do mercado. No ano passado foram qualificados 40 deficientes como auxiliares administrativos e na informática, desses, 70% foram empregados antes da conclusão.

Pessoas com deficiência interessadas em entrar no mercado de trabalho podem encaminhar currículo ao e-mail dorcelina.folador@yahoo.com ou ao Centro de Convivência localizado na Rua dos Caiuás, 955. Mais informações pelo telefone 3411-7726.

 

Prefeitura perde na Justiça e terá que pagar retroativos a professores
Em decisão tomada por unanimidade pelos desembargadores da 1ª Câmara Cível do TJ-MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), a prefeitura de Ivin...
Após relato sobre caça e extração ilegal de madeira, PMA apreende arma
Após receber denúncias de extração ilegal de madeira e caça ilegal sendo praticadas em Ivinhema - município localizado a 282 km de Campo Grande -, um...
Falso médico é acusado de matar paciente em hospital do interior
O MPE (Ministério Público Estadual) denunciou à Justiça e pediu a prisão do falso médico Marx Honorato Ortiz. Ele teria atuado no Hospital Municipal ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions