A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

20/03/2015 15:19

Dourados reabre pela terceira vez licitação do parquímetro

Nas ruas é possível perceber que número de orientadoras diminuiu e funcionárias reclamam de excesso de trabalho

Helio de Freitas, de Dourados
Sistema de estacionamento rotativo de Dourados é operado por empresa paranaense desde 2006 (Foto: Eliel Oliveira)Sistema de estacionamento rotativo de Dourados é operado por empresa paranaense desde 2006 (Foto: Eliel Oliveira)

A prefeitura reabriu pela terceira vez o prazo de licitação para tentar contratar uma nova empresa para explorar o sistema de estacionamento rotativo no centro de Dourados, a 233 km de Campo Grande. Conforme edital divulgado hoje no Diário Oficial do Município pela Secretaria Municipal de Fazenda, a sessão pública para julgamento da concorrência será no dia 5 de maio, às 8h, no Departamento de Licitação da prefeitura.

Veja Mais
Prefeitura reabre prazo de licitação para contratar empresa de parquímetro
Para acabar com fila dupla, prefeitura quer instalar parquímetro em escolas

Podem participar pessoas jurídicas, inscritas ou não no cadastro de registro de fornecedores do município de Dourados, que preencham as condições exigidas no edital e que atuem no ramo compatível com o serviço licitado. A empresa vencedora terá a concessão de serviço público que abrange o gerenciamento, organização e a exploração do estacionamento rotativo pago nas vias e logradouros públicos do município.

Desde 2006, quando foi implantado no centro, o serviço é explorado pela empresa paranaense Caiuá Assessoria, Consultoria e Planejamento Ltda. A concessão vem sendo prorrogada ao longo dos anos e desde o ano passado a prefeitura tenta contratar outra empresa. O edital que previa a abertura das propostas em março foi cancelado após o pedido de impugnação feito por duas empresas que apontaram irregularidades. Os erros foram corrigidos, segundo a prefeitura.

Reclamações – Alvo de reclamações constantes de pessoas que estacionam na área central, o serviço de parquímetro é cada dia mais criticado pela população. O Campo Grande News apurou nesta sexta-feira que o número de orientadoras contratadas pela empresa Caiuá diminuiu consideravelmente nos últimos meses.

Basta andar pelas ruas da área central para perceber que é difícil encontrar as representantes da empresa quando para comprar o cartão de estacionamento ou abastecer o chaveiro com créditos. Orientadoras ouvidas pela reportagem afirmam que uma funcionária é obrigada a cuidar de até cinco quarteirões, sem ganho extra.

Entre os condutores que estacionam no centro a maior reclamação é justamente da falta de orientadoras para comprar o cartão. Outra crítica é à falta de manutenção da sinalização das vagas. A empresa foi procurada para falar sobre as reclamações, mas a atendente do escritório em Dourados disse que a gerente estava ausente e ligaria mais tarde.

Quando o carro é deixado sem o cartão ou sem acionar a máquina com o chaveiro magnético, o motorista recebe uma notificação e tem 48 horas para procurar a sede da empresa na cidade e pagar uma multa de R$ 12,00. Metade desse valor é ressarcida em crédito de estacionamento. Se não procurar a empresa, a notificação vira uma multa por infração de trânsito de caráter leve e o motorista tem de pagar R$ 53,00 e ainda acumula cinco pontos na CNH.

Edital – As empresas interessadas na licitação do parquímetro podem acessar o edital no endereço eletrônico http://www. dourados.ms.gov.br/index.php/categoria/licitacao. O documento somente poderá ser adquirido e retirado no Departamento de Licitação, mediante o ressarcimento da taxa de R$ 100,00. Mais informações adicionais podem ser obtidas pelo telefone (67) 3411-7693 ou pelo e-mail licitacoes@dourados.ms.gov.br.

Lojas vão estender horário de atendimento durante o mês de dezembro
O comércio de Ponta Porã - cidade localizada a 323 km de Campo Grande - irá funcionar em horário especial neste fim de ano. Os horários e dias foram ...
Esposa é presa ao tentar entregar pão recheado com maconha para detento
A esposa de um detento de Itaquiraí, distante 410 km de Campo Grande, foi presa na tarde de ontem (7) tentando entregar um pão recheado com maconha p...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions