A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

31/08/2011 15:17

Dourados supera meta de vacinação contra a pólio definida pelo Ministério da Saúde

Marco Antonio Brito
Mais de 15 mil crianças, menores de cinco anos, receberam as gotinhas contra a pólio. (Foto: Divulgação)Mais de 15 mil crianças, menores de cinco anos, receberam as gotinhas contra a pólio. (Foto: Divulgação)

A Secretaria Municipal de Saúde, de Dourados, comemorou hoje (31) os resultados da segunda etapa da campanha de vacinação contra a polimielite (paralisia infantil). A meta estabelecida pelo Ministério da Saúde era de vacinar 95% das crianças menos de cinco anos, residentes no município. Dourados, porém, superou este índice atingindo um tota de 15.240 crianças imunizadas (97,78% da população infantil).

A campanha de vacinação foi encerrada na segunda-feira (30). A partir de agora, as unidades de saúde do município estarão disponibilizando apenas as vacinas destinadas às crianças de dois anos e de quatro anos e seis meses, conforme orientação da Secretaria.

Além da vacina contra a pólio para crianças com idades pré-definidas, a Campanha Contra o Sarampo também tem continuidade no município e vai até o dia 14 de setembro. Até agora foram vacinadas 90,65% das crianças com idade entre um a menores de sete anos, totalizando 16.769 doses aplicadas.

A gerente de Imunização de Dourados, Carla Cristina Ribeiro da Silva, disse que estão sendo chamadas principalmente as crianças com idade entre cinco a seis anos. As crianças abaixo dessa faixa etária, como compareceram para tomar a 2ª dose da pólio, já receberam também a Tríplice Viral, que protege contra o sarampo.

Alerta do Ministério da Saúde - A preocupação do Governo Federal com a vacinação contra o sarampo, é um reflexo do surto na Europa, que desde o início do ano notificou mais de seis mil casos suspeitos.

Diante disto, o governo brasileiro decidiu antecipar a imunização e fez uma parceria com estados e municípios levando em conta três critérios: maior fluxo turístico, densidade populacional e localidades com menores coberturas da vacina tríplice viral nos últimos anos. Além do sarampo, a vacina Tríplice Viral imuniza também contra a caxumba e a rubéola.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions