A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

14/11/2014 08:57

Durante passeio, balão com quatro pessoas cai sobre telhado de casa

Helio de Freitas, de Dourados
Pessoas que faziam passeio em balão tiveram de ser socorridas pelo Corpo de Bombeiros (Foto: Sidney Bronka/94 FM)Pessoas que faziam passeio em balão tiveram de ser socorridas pelo Corpo de Bombeiros (Foto: Sidney Bronka/94 FM)

Um passeio de balão quase terminou em tragédia no final da tarde de ontem em Dourados, a 233 quilômetros de Campo Grande. O balão pegou fogo durante o voo e o piloto teve de fazer um pouso forçado sobre o telhado de uma casa localizada na rua São Francisco, no Jardim Itália. Ele e mais três passageiros estavam no balão e foram resgatados do telhado pelo Corpo de Bombeiros. Apesar do susto, os ocupantes sofreram apenas pequenos ferimentos.

Veja Mais
PF apreende 60 kg de cocaína e prende traficante de 28 anos na MS-164
Escritor douradense lança na terça livro sobre 40 anos de carreira

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o balão era pilotado por Wilson Macedo Bitencourt, 41 anos. Também estavam no balão Ronei Pereira Stropa, 36, Rodrigo Tadao Sakai, 24, e Rafael Toshio Sakai, 25.

Após ser resgatado do telhado, Wilson contou que durante o voo panorâmico sobre a cidade o balão começou a perder altitude, possivelmente devido a uma corrente de ar frio, obrigando a fazer o pouso de emergência. A queda do balão abriu um buraco no telhado da casa, mas nenhuma pessoa em solo ficou ferida porque a casa estava vazia no momento do acidente.

Policiais militares foram ao local e isolaram a área em frente à residência até o resgate dos ocupantes e a retirada dos restos do balão. A Polícia Civil deve instaurar inquérito para investigar o caso. A empresa douradense que patrocinava o voo panorâmico assumiu as despesas com o conserto do telhado.

Em nota ao site Dourados Agora, o piloto Wilson Bitencourt, afirmou que uma rajada de vento forte o obrigou a fazer o pouso de emergência. Com três mil horas de voo de experiência, inclusive já tendo pilotado balão sobre as cataratas do Iguaçu, Wilson disse ter escolhido o local mais seguro para o pouso, o que evitou maiores problemas.

Já a empresa patrocinadora do voo panorâmico, uma revendedora de produtos químicos de limpeza, informou que os moradores da casa atingida pelo balão foram levados para um hotel até a conclusão dos reparos no telhado. Essa mesma empresa promove amanhã um evento no Parque Ambiental Rego D’Água, no Jardim Água Boa, e informou que os passeios de balão estão mantidos, caso haja condições climáticas. Veja o vídeo;

Polícia isolou a área em frente à casa para resgate dos feridos e retirada dos restos do balão (Foto: Sidney Bronka/94 FM)Polícia isolou a área em frente à casa para resgate dos feridos e retirada dos restos do balão (Foto: Sidney Bronka/94 FM)
Escritor douradense lança na terça livro sobre 40 anos de carreira
Será lançado na próxima terça-feira (6) em Dourados - cidade localizada a 233 km de Campo Grande - o livro "A Felicidade pela Literatura: Ensaio entr...
Comércio de Ponta Porã funcionará em horário especial neste fim de ano
O comércio de Ponta Porã - cidade localizada a 323 km de Campo Grande - irá funcionar em horário especial neste fim de ano. Os horários e dias foram ...
MPF entra com ação para garantir pesca e extração à comunidade ribeirinha
Foi ajuizada ação civil pública pelo MPF (Ministério Público Federal) para garantir o direito a pesca de subsistência e extrativismo sustentável da c...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions