A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

01/02/2014 17:33

Durante sessão, vereador revela proposta de R$ 200 mil para mudar voto

Zana Zaidan

O vereador pelo município de Ribas Rio Pardo, a 103 quilômetros Campo Grande, Diony Erick (PROS),usou a tribuna da Câmara de Vereadores para denunciar que teria recebido proposta de levar R$ 200 mil para não votar na vereadora Roseli Codognatto (PPS) para presidir a Casa. As informações são do site local Rádio 90.

Veja Mais
Vereadores de Ribas são acusados de engordar salários com falsas diárias
MPE e Polícia investigam irregularidades na Câmara de Ribas do Rio Pardo

Sem citar nomes, o parlamentar denunciou a manobra durante sessão extraordinária na noite da última sexta-feira (31). Diony é atual primeiro-secretário da mesa diretora da Câmara e está no primeiro mandato como vereador.

O legislativo da cidade vem sendo alvo de denúncia desde o início do ano passado. Onze parlamentares são investigados pelo Ministério Público Estadual por suposto envolvimento em esquema de fraude das empresas que empresas que prestam serviços à Casa.

Uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) foi instaurada para investigar doação irregular de uma área pública a um pesqueiro particular.

A vereadora Lucineide Marques Nossa (PSC) é investigada pela polícia por coagir uma funcionária a repassar a ela parte da remuneração mensal para que fosse mantida no cargo.




Fiz faculdade com o Diony, e essa atitude só mostra que sua boa índole é inabalável. estou orgulhoso de vc meu amigo, e se o povo de ribas city tiverem consciência politica apoiarão esse nobre exemplo de dignidade.
 
alessandro Santos em 01/02/2014 23:36:10
Difícil de acreditar: isso aí é o preço do voto de um Deputado Federal, em votações IMPORTANTES. O voto de um Deputado estadual vale no máximo R$ 50 mil. Vereador dos bons e em cidades de médio porte é R$ 10 mil e em cidades pequenas de 4 a 5 mil Reais.
 
Adriano Roberto dos Santos em 01/02/2014 21:28:30
Isso sendo verdade, é um caso de polícia.Os eleitores votam em pessoas julgando que vão trabalharem pelo bem da comunidade e aparece uma matéria desse naipe.Isso deve ser investigado a fundo e punir os responsáveis, com trânsito em julgado, sumariamente. O povo de Ribas do Rio Pardo, não merece uma safadeza dessa, ignorando as necessidades que a comunidade tem, nas áreas: saúde, educação, segurança, transporte, moradias, saneamento básico, estradas, pontes, etc.etc.etc.Volto a dizer sendo verdade coloque quem quer que seja na cadeia, para ver se pelo menos cria um pouquinho de caráter e vergonha na cara. O povo de Ribas de Rio Pardo deve pressionar o Câmara para apuração dessa matéria até o seu desfecho final. O que não pode é deixar alguns espertos(as) acharem que o povo não se importará.
 
João Alves de Souza em 01/02/2014 20:37:41
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions