A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

16/04/2015 09:52

Educação apura suposta falsificação de diploma em escola estadual

Helio de Freitas, de Dourados
Falsificação teria ocorrido em escola tradicional da rede pública de Dourados (Foto: Eliel Oliveira)Falsificação teria ocorrido em escola tradicional da rede pública de Dourados (Foto: Eliel Oliveira)

A Secretaria de Educação de Mato Grosso do Sul apura denúncias de uma suposta falsificação de diplomas de conclusão do ensino médio envolvendo uma escola da Rede Estadual de Ensino de Dourados, a 233 km de Campo Grande. Uma comissão formada por técnicos e assessores jurídicos da secretaria esteve ontem na cidade para ouvir as pessoas citadas na denúncia, mas a sindicância continua em andamento.

Veja Mais
Instituto coloca documentos a disposição e diz que denúncia é rotineira
Professor ameaçou baixar nota para abafar denúncia de abuso de crianças

A denúncia envolve a Escola Estadual Ministro João Paulo dos Reis Veloso, localizada no Jardim Tropical, região oeste da cidade e uma das mais tradicionais de Dourados.

O caso começou a ser apurado após uma denúncia anônima revelar que pelo menos duas pessoas, uma delas supostamente servidora da escola teriam falsificado o certificado para ajudar um parente a conseguir emprego em uma empresa de serviços terceirizados sem concluir o ensino médio. A fraude envolveria o uso de carimbos falsos e assinaturas de servidores lotados na escola.

A Secretaria Estadual de Educação confirma que um processo administrativo foi instaurado para apurar as denúncias e que ontem houve uma reunião na própria escola, com a presença de servidores do estabelecimento de ensino e os integrantes da comissão enviada a Dourados.

O diretor da escola, José Carlos Severiano de Souza, afirma que os fatos denunciados não procedem. "Os nossos advogados constataram que o carimbo não foi feito na escola Reis Veloso, onde não existe o documento original. As assinaturas do então diretor naquela época [de janeiro de 2013] não conferem, assim como carimbo. A pessoa citada como secretária, no papel, não confere com servidora que exercia a função na época", afirmou ele ao site Douradosagora.

Instituto coloca documentos a disposição e diz que denúncia é rotineira
O Idagem (Instituto de Desenvolvimento e Aperfeiçoamento da Gestão Municipal) responsável pela organização do concurso público de Rochedo - distante ...
Professor ameaçou baixar nota para abafar denúncia de abuso de crianças
Preso desde a última sexta-feira em Itaporã, o professor suspeito de abusar de meninas, na faixa etária de 9 a 10 anos, chegou a ameaçar com redução ...
Diploma do Ensino Médio pelo Enem pode ser solicitado na semana que vem
Os alunos que atingiram os requisitos para certificação do Ensino Médio por meio do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) poderão solicitar os certif...
Atraso na entrega de diploma obriga universidade a pagar indenização a aluna
Uma universidade particular deverá pagar R$ 8 mil de indenização a uma aluna que esperou por mais de um ano para ter em mãos o diploma de conclusão d...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions