A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

30/03/2015 14:35

Eldorado contrata show de Michel Teló por R$ 200 mil e MPE questiona gasto

Priscilla Peres
Cachê do artista custa R$ 200 mil, equivalente a 10% da arrecadação municipal. (Foto: Divulgação)Cachê do artista custa R$ 200 mil, equivalente a 10% da arrecadação municipal. (Foto: Divulgação)

Ao que parece, a crise econômica instalada nos municípios de MS não chegou a Eldorado, cidade com cerca de 12.500 habitantes e distante 447 km da Capital. Isso porque, enquanto algumas prefeituras estão cancelando festividades, a prefeita Marta Maria de Araujo (PT) decidiu contratar o Michel Teló para comemorar os 39 anos de Eldorado.

Veja Mais
Homem é baleado após agredir suspeito envolvido em acidente
Mulher é morta a facadas e corpo é encontrado por parentes em sofá da sala

O cachê do artista conhecido internacionalmente vai custar aos cofres públicos R$ 200 mil, o equivalente a mais de 10% de tudo o que o município arrecada por mês. Por isso, o MPE/MS (Ministério Público Federal) recomendou que a prefeitura cancele o contrato e peça de volta o sinal que já foi pago, no valor de R$ 60 mil.

O promotor de Justiça Substituto de Eldorado/MS, Thiago Bonfatti Martins, deu prazo de 10 dias para que a prefeitura responda ao pedido, acatado ou não. Para Martins o valor do show é incompatível com a situação financeira do município, já que não tem conseguido garantir nem mesmo os serviços públicos essenciais.

Ainda de acordo com o promotor, no ano passado a prefeitura gastou R$ 18 mil com a Cultura, o que significa que o valor do contrato em questão equivale a mais de dez anos de dotação orçamentária destinada à cultura.

A prefeita Marta explica que aguarda uma avaliação jurídica para saber se o show pode ser cancelado, antes de responder ao MPE. E destaca que a população pede por artistas nacionais e que a comemoração do aniversário da cidade (13 de maio) é tradicional. "O show é aberto ao público, acho que é uma oportunidade que a prefeitura dá a população".

Ela argumenta que o município tem dificuldades financeiras, mas que o show está dentro das possibilidades. Porém, Marta diz que respeita a decisão do MPE e que vai tomar as atitudes necessárias.

 




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions