A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

29/07/2015 08:57

Em 12 meses, apreensões de drogas feitas pelo DOF crescem 115%

De acordo com balanço divulgado pelo departamento, foram 67 toneladas de maconha apreendidas em um ano e prejuízo estimado de R$ 150 milhões a traficantes e contrabandistas

Helio de Freitas, de Dourados
Apreensões de maconha predominam no balanço relativo aos últimos 12 meses divulgado pelo DOF (Foto: Arquivo)Apreensões de maconha predominam no balanço relativo aos últimos 12 meses divulgado pelo DOF (Foto: Arquivo)

As apreensões de drogas feitas pelo DOF (Departamento de Operações de Fronteira) aumentaram 115% nos últimos 12 meses em comparação a igual período anterior, mostra balanço divulgado nesta quarta-feira pelo comando do órgão, que tem sede em Dourados, a 233 km de Campo Grande.

Veja Mais
DOF apreende cem mil pacotes de cigarro ilegais e prende “batedor”
Homem preso pelo DOF tentou matar a cunhada em São Paulo, mas arma falhou

De acordo com os dados divulgados pela assessoria de comunicação, o prejuízo estimado ao tráfico, contrabando e descaminho de R$ 150 milhões.

Devido à proximidade com uma das regiões mais produtoras de maconha do mundo, as apreensões desse tipo de entorpecente prevalecem na fronteira de Mato Grosso do Sul com o Paraguai. Foram 67 toneladas retidas pelo DOF de julho de 2014 a julho de 2015 – aumento de 115%.

Já as apreensões de cocaína somaram 320 quilos, com aumento de 60%. O total de apreensões de haxixe – subproduto da maconha – chegou a 70 quilos – crescimento de 70%.

Contrabando – De acordo com o DOF, as apreensões de contrabando também aumentaram. Em pneus, agrotóxicos e quase 815 mil pacotes de cigarro, as cargas retidas pela polícia somaram pelo menos R$ 37 milhões.

Mercadorias trazidas do Paraguai, com destaque para confecções, cosmético e brinquedos, totalizando R$ 50 milhões, foram apreendidas por descaminho, crime que prevê pena de um a quatro anos de reclusão por introduzir no país mercadoria de procedência estrangeira trazida de forma clandestina.

Armas e veículos – Em 12 meses, o DOF, apreendeu 55 armas de fogo, 4.325 munições de diversos calibres, 5.000 comprimidos de ecstasy e 772 veículos produtos de roubo, furto, adulterados ou envolvidos no narcotráfico ou contrabando. Foram 330 pessoas presas por envolvimento com o tráfico de drogas e outras 86 por cumprimento de mandados de prisão.

“Números positivos como esses só são possíveis devido ao comprometimento de cada policial do departamento, além de políticas estratégicas do Governo do Estado através da Sejusp, subsidiando as ações desenvolvidas na fronteira”, afirmou o diretor do DOF, coronel Ary Carlos Barbosa.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions