A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 19 de Janeiro de 2017

25/11/2016 12:13

Em ação conjunta, polícia retém 1.500 quilos de maconha e armas

Cerco feito por policiais do DOF e do Bope prendeu cinco pessoas por tráfico de drogas e armas de uso restrito

Helio de Freitas, de Dourados
Tabletes de maconha espalhados sobre bancos de caminhonete (Foto: Divulgação/DOF)Tabletes de maconha espalhados sobre bancos de caminhonete (Foto: Divulgação/DOF)
Jabier e Leandro estavam escondidos após abandonarem carga de maconha (Foto: Divulgação/DOF)Jabier e Leandro estavam escondidos após abandonarem carga de maconha (Foto: Divulgação/DOF)

Cinco pessoas foram presas ontem (24) em ação conjunta do DOF (Departamento de Operações de Fronteira) e do Bope, grupo de elite da Polícia Militar, em Laguna Carapã, a 287 km de Campo Grande, com 1.500 quilos de maconha e armas de uso restrito.

Veja Mais
Temer tira poder da Funai em demarcações e Famasul elogia medida
Sem tempo para licitação, prefeitura adia cartão material escolar para 2018

De acordo com o DOF, a ação começou na manhã de quarta-feira na MS-379, com a prisão de Wellington Roberto Ruiz Lazarin, 25, morador em Coronel Sapucaia, e Nilsomar Danilo gomes, 31, residente em Goiânia (GO).

Os policiais perceberam um Gol preto, um veículo Fiat Palio prata e uma caminhonete S10 prata em alta velocidade e acompanharam os veículos. Wellington dirigia o Palio e Nilsomar estava no Gol.

Os dois contaram que agiam como batedores para a carga de maconha que estava na S10. A droga tinha saído de Coronel Sapucaia e seria levada para Campo Grande.

Durante buscas na região, os policiais encontraram a caminhonete escondida em uma mata, carregada com 1.500 tabletes de maconha, pesando 1.517 quilos da droga, além de uma espingarda calibre 12 e uma porção de 450 gramas de haxixe.

Na manhã de ontem, equipes do Bope abordaram uma caminhonete Mitsubishi L200 azul com placa do Paraguai, conduzida por Kathrein Nagy de Souza, 27, moradora em Ponta Porã. Segundo o DOF, ela é mulher de um dos homens que estavam na S10 e veio à região para ajudar na fuga.

Os policiais acompanharam Kathrein até o ponto de resgate, onde prenderam Jabier Guzmann Ayala Florenciani, 22, morador em Capitán Bado, e Leandro Barbosa de Almeida, 20, morador em Goiânia. Com eles foram encontradas duas pistolas, uma 9 milímetros e outra 380.

Todos os envolvidos foram encaminhados para a Defron em Dourados e autuados em flagrante por tráfico de drogas, associação criminosa e porte ilegal de armas.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions