A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

26/11/2014 10:01

Em cinco dias chuva acumula quase 100 mm e supera média do mês

Helio de Freitas, de Dourados
Principais institutos de meteorologia indicam tempo chuvoso até o fim de semana na segunda maior cidade de MS (Foto: Eliel Oliveira)Principais institutos de meteorologia indicam tempo chuvoso até o fim de semana na segunda maior cidade de MS (Foto: Eliel Oliveira)

De sexta-feira, dia 21, até ontem à noite, choveu mais do que em todo o restante do mês de novembro no município de Dourados, a 233 km de Campo Grande. De acordo com a estação agrometeorológica da Embrapa Agropecuária Oeste, nesses cinco dias a chuva chegou a 96,6 milímetros. Com isso, o acumulado do mês agora é de 171,2 milímetros, acima da média histórica de novembro, que é de 156,6mm.

Veja Mais
Chuva forte causa transtornos e alaga residências em bairros da Capital
Buracos “explodem” após chuvas e causam prejuízos aos motoristas

Conforme a Embrapa, na sexta-feira passada, quando voltou a chover após uma semana de estiagem, a precipitação pluviométrica foi de 24,2 milímetros. No sábado choveu mais, 50,8mm. No domingo não teve chuva e na segunda choveu apenas 0,4mm. Ontem a chuva acumulou 21,2 milímetros.

Nesta quarta-feira a segunda maior cidade de Mato Grosso do Sul amanheceu com tempo nublado e por volta de 9h voltou a chover. Os principais institutos de meteorologia indicam previsão de tempo chuvoso até sábado em Dourados. A temperatura também deve permanecer amena. Às 9h15 a temperatura era de 22,1 graus. Ontem, mesmo com o tempo chuvoso, os termômetros chegaram a marcar 30ºC.

A chuva dos últimos dias ajuda no desenvolvimento da safra de soja. A umidade do solo, que até a semana passada estava em condições razoáveis, a 60%, aumentou consideravelmente com o volume de chuva dos últimos cinco dias.

Nos bairos de Dourados não há registro de grandes problemas causados pela chuva. A maior dificuldade é enfrentada por quem mora em ruas sem asfalto. Pelo menos 50% da periferia da cidade não tem pavimentação.

 

Rio Brilhante – No município de Rio Brilhante, a 65 km de Dourados e onde a Embrapa Agropecuária Oeste também mantém uma estação agrometeorológica, a chuva acumulada de 1º a 25 de novembro chegou a 199 milímetros, também acima da média história para o mês. Ontem a chuva foi de 38,8mm naquele município, que também é importante produtor de soja em Mato Grosso do Sul.

De sexta-feira até ontem, chuva foi de 96,6 milímetros e acumulado do mês chegou a 171 mm (Foto: Eliel Oliveira)De sexta-feira até ontem, chuva foi de 96,6 milímetros e acumulado do mês chegou a 171 mm (Foto: Eliel Oliveira)



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions