A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

14/01/2015 20:05

Em Coxim, temporal arranca árvores e mobiliza Bombeiros e Defesa Civil

Vania Galceran
Árvore é arrancada com raíz e bombeiros precisam usar a motossera. (Foto: Coxim Agora)Árvore é arrancada com raíz e bombeiros precisam usar a motossera. (Foto: Coxim Agora)

Em Coxim, as fortes chuvas dos últimos dias tem trazido prejuízos para os moradores da cidade. Na terça-feira (13) , no final da tarde a chuva arrancou árvores, outras caíram no telhado das casas e muitos moradores tiveram que erguer os móveis para fuigir da inundação.

Veja Mais
Morre menina de 11 meses ferida após carro da família capotar em rodovia
Condutor perde controle de caminhonete, derruba poste e foge

Apesar da velocidade do vento, cerca de 115km por hora, choveu pouco, apenas 18 milímetros, mas bastou para fazer estragos.

As informações são do chefe da Defesa Civil, Gilberto Portela que informou ainda que a defesa civil já atendeu seis famílias que estavam desabrigados.

“Primeiramente vistoriamos os locais que foram afetados e depois levamos materiais de construção, em sua grande maioria telhas, várias árvores foram arrancadas”, comentou.

Chegou a faltar energia em alguns bairros da cidade. Com o rompimento de vários cabos a Enersul teve trabalho para recuperar a rede elétrica.

Já a Prefeitura, por meio da Secretaria de Obras, e o Corpo de Bombeiros está realizando a retirada das árvores que caíram com a velocidade do vento.

Na rua Joaquim Renovato, no bairro Santo André, uma enorme árvore caiu sobre uma residência. A árvore foi completamente arrancada pelas raízes.

O Corpo de Bombeiros foi até o local remover a árvore com um motosserra e com a ajuda do guincho de uma empresa que presta serviços para a Enersul (Empresa Energética de Mato Grosso do Sul).

Um muro recém construído na avenida Presidente Getúlio Vargas, no bairro Santo André, foi completamente derrubado pela força do vento, conforme o montador de móveis Rutemberg Afonso Britez, além do muro destruído, sua residência também teve várias telhas danificadas.

Entre os dos bairros mais atingidos estão o 1º de Maio, Lagoa Dourada, Mendes Mourão e Santo André. A prefeitura continuará trabalhando para recuperar os estragos deixados pela chuva.

 

Fios de energia elétrica são arrancados com a chuva. (foto: Divulgação)Fios de energia elétrica são arrancados com a chuva. (foto: Divulgação)
Morre menina de 11 meses ferida após carro da família capotar em rodovia
Sofia de Almeida Flores, de 11 meses de vida, morreu na madrugada de hoje (5) em Dourados, a 233 km de Campo Grande, após ficar ferida em acidente oc...
Homem de 33 anos é morto com golpes de facão e foice em fazenda invadida
Um homem de 33 anos foi morto a golpes de facão e de foice durante uma briga envolvendo índios na fazenda Novilho, município de Caarapó, a 283 km de ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions