A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

18/03/2015 15:10

Em depoimento à Comissão Processante, cinco vereadores alegam inocência

No dia 25 serão ouvidas testemunhas de defesa dos vereadores que respondem a processo por quebra de decoro

Helio de Freitas, de Dourados
Plenário da Câmara de Naviraí, que deve realizar sessão para julgar cinco vereadores no início de abril (Foto: Reginaldo de Souza)Plenário da Câmara de Naviraí, que deve realizar sessão para julgar cinco vereadores no início de abril (Foto: Reginaldo de Souza)

Afastados dos cargos por serem réus na ação penal da Operação Atenas, que desvendou um esquema de corrupção na Câmara de Naviraí, a 366 km de Campo Grande, cinco vereadores foram ouvidos ontem no processo político em que são acusados de quebra de decoro. Moacir Aparecido de Andrade, Jaime Dutra (PT), José Odair Gallo (PDT), José Roberto Alves (PMDB) e Mário Gomes (PTdoB), todos citados nas gravações feitas pela PF como beneficiários do esquema montado pelo ex-presidente Cícero dos Santos, alegaram inocência.

Veja Mais
Vereadores afastados por corrupção depõem na próxima terça
Câmara instaura CPI para cassar mais cinco vereadores por "farra das diárias"

Os depoimentos tomados pelos três integrantes da Comissão Processante instaurada no dia 27 de fevereiro ocorreram na seda do Legislativo, com autorização judicial, já que ao determinar o afastamento, em fevereiro, o juiz Paulo Cavassa de Almeida havia determinado também que eles não poderiam se aproximar do prédio da Câmara.

Antonio Carlos Klein, presidente da Comissão Processante, informou hoje ao Campo Grande News que as testemunhas de defesa serão ouvidas no dia 25, próxima quarta-feira. Os depoimentos estavam marcados para os dias 24 e 25, mas alguns dos vereadores têm audiência da ação penal do mesmo caso na Justiça, por isso serão feitos apenas em um dia.

O presidente da comissão disse que os advogados tentaram mudar as datas para 25 e 26, mas ele foi contra, porque iria interferir no prazo de conclusão. “Vamos ouvir todas no mesmo dia e no dia 26 começa a contar o prazo para alegações finais, que termina no dia 30. No dia 31 queremos entregar o relatório à presidência para ser marcada a sessão de julgamento”, explicou. A sessão deve ocorrer ainda na primeira quinzena de abril.

A única testemunha de defesa que será ouvida em data diferente será o prefeito Léo Matos (sem partido). Arrolado como testemunha do vereador Mário Gomes, Léo vai prestar depoimento em seu gabinete, no dia 23, às 9h30.

Sete já foram – Além de Cícero dos Santos, cassado no dia 12 de janeiro, outros quatro vereadores já perderam o mandato por envolvimento no esquema de corrupção. Adriano José Silvério e Carlos Alberto Sanches, o Carlão, foram cassados em janeiro. Elias Alves e Vanderlei Chagas foram cassados no dia 27 de fevereiro. Solange Melo tinha renunciado em novembro, quando ainda estava presa, e Marcus Douglas Miranda renunciou há dois meses.

Com os cinco afastados no mês passado, todos os 13 vereadores eleitos em Naviraí em 2012 estão fora dos cargos como resultado da Operação Atenas. Gean Carlos Volpato deveria ter sido julgado no dia 27 de fevereiro, mas o prazo do processo contra ele expirou e uma nova Comissão Processante foi instalada na semana passada e tem até 90 dias para concluir os trabalhos.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions