A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 22 de Fevereiro de 2017

31/01/2011 21:54

Em Dourados, centro de deficientes físicos precisa de doações

João Humberto
Prefeita Délia Razuk em visita recente a centro. (Foto: A. Frota).Prefeita Délia Razuk em visita recente a centro. (Foto: A. Frota).

O Centro de Convivência da Pessoa com Deficiência Dorcelina Folador, em Dourados, está recebendo doações de cadeiras de rodas, muletas e andador novos ou usados, que serão reformados e repassados aos usuários do local. Conforme o coordenador-adjunto, Alex Sandro Pereira de Moraes, as doações podem ser feitas independente do estado do material.

Ele argumenta que, na maioria das vezes, as pessoas acham que o material pode ser inutilizável, mas no centro eles passam por reformas por meio de uma serralheria reativada há pouco tempo. As doações, de acordo com Alex, podem ser feitas no local.

Somente em janeiro foram doados ou emprestados 16 equipamentos, recuperados na serralheria onde atuam três voluntários. Em média, o centro restaura e doa 15 cadeiras, andadores ou muletas por mês.

Na sexta-feira, durante vistoria à obra da quadra coberta que está sendo construída pela prefeitura no Centro de Convivência, com recursos viabilizados pelo deputado federal Geraldo Resende (PMDB), a prefeita Délia Razuk (PMDB) foi à oficina e conversou com os trabalhadores voluntários.

Para receber um equipamento restaurado, a pessoa com deficiência deve procurar o Centro Dorcelina Folador ou a Secretaria Municipal de Assistência Social. O centro possui atualmente um fluxo de 30 pessoas por dia, que participam diariamente das atividades esportivas, educacionais e de lazer.

O Centro Dorcelina Folador fica na rua dos Caiuás, 955, na Vila Esperança. Já a Secretaria de Assistência Social está localizada na rua João Rosa Góes, 395. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (67) 3411-7726.

Prefeitura perde na Justiça e terá que pagar retroativos a professores
Em decisão tomada por unanimidade pelos desembargadores da 1ª Câmara Cível do TJ-MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), a prefeitura de Ivin...
Após relato sobre caça e extração ilegal de madeira, PMA apreende arma
Após receber denúncias de extração ilegal de madeira e caça ilegal sendo praticadas em Ivinhema - município localizado a 282 km de Campo Grande -, um...
Falso médico é acusado de matar paciente em hospital do interior
O MPE (Ministério Público Estadual) denunciou à Justiça e pediu a prisão do falso médico Marx Honorato Ortiz. Ele teria atuado no Hospital Municipal ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions