A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 20 de Fevereiro de 2017

25/11/2011 08:42

Em Dourados, lombadas eletrônicas voltam a multar após convênio com Prefeitura

Paula Vitorino

Convênio garante repasse de parte do valor das multas para o município

Lombadas serão reativadas a partir de 1º de dezembro. (Foto: Divulgação)Lombadas serão reativadas a partir de 1º de dezembro. (Foto: Divulgação)

A partir do dia 1º de dezembro as lombadas eletrônicas de Dourados começam a multar os infratores que passarem acima da velocidade permitida para a via. Os equipamentos estão funcionando em caráter educativo desde outubro.

O impasse das interrupções dos equipamentos no município só foi possível após convênio entre a Prefeitura do município e o Detran, que garante a administração receber parte dos valores das multas para investir em melhorias no trânsito.

De acordo com o secretário municipal de Governo, José Jorge Filho (Zito), dois convênios foram assinados ontem. Um autorizando o Detran a administrar as lombadas em Dourados e outro confirmando um repasse para o município de R$ 40 mil ao mês, oriundo de recurso recebido das multas.

De janeiro a junho de 2010, do total de 28.075.861 veículos que transitaram pelas lombadas de Dourados, 9.067 excederam a velocidade e 748 passaram na contramão, contabilizando 9.815 infrações.

Com caráter educativo, o objetivo da Lombada Eletrônica é fazer com que o condutor reduza a velocidade do veículo na via onde o equipamento está instalado.

"O número de infrações é baixo em relação ao fluxo de veículos, 99% dos condutores respeitam a lombada. Mas ainda são mais de 9 mil condutores que se arriscam, e arriscam a vida de terceiros, excedendo a velocidade permitida", explica o diretor-executivo do DETRAN/MS, Francisco Libório Silveira.

(Com informações do site Dourados Agora)

Adolescente morre ao ser esfaqueado por cunhado durante velório
Jonardo Irala, 17, foi morto com uma facada na altura do peito durante discussão com o cunhado, enquanto participavam de um velório que acontecia na ...
Empresa terá de pagar R$ 30 mil à viúva de caminhoneiro morto em acidente
A viúva de um caminhoneiro de Nova Andradina, município a 300 km de Campo Grande, vai receber R$ 30 mil em indenização pela morte do marido, ocorrido...



pois é, final de ano... é hora de arrecadar, pra ver se tampa o buraco negro sem fim, onde vão tributos, impostos e o suado dinheiro do povo ... pra alimentar esses monstros politicos, suas autarquias e agregados.....
 
marcelo martins em 25/11/2011 11:44:40
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions