A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

19/11/2013 20:07

Em pesquisa nacional, Dourados é a segunda cidade menos honesta

Mariana Lopes

Em uma pesquisa realizada em seis cidades do Brasil, para avaliar a honestidade dos moradores, Douradas foi escolhida e ficou em quinto lugar. Na cidade do interior de Mato Grosso do Sul, a 233 quilômetros da Capital, de 12 pessoas que encontraram uma carteira na rua, apenas cinco devolveram os pertences ao dono.

Veja Mais
Cinco pessoas são atingidas por raio em colheita de cana e uma morre
PRF apreende carreta com 250 kg de agrotóxicos contrabandeados do Uruguai

Dentro das carteiras, que foram deixadas em locais públicos, havia R$ 100 em dinheiro (uma nota de 50, duas de 20 e uma de 10), notas fiscais de estabelecimentos comerciais, bilhete de metrô, foto de criança, cartões de lojas, além de um cartão de visita do suposto dono, com telefone fixo e celular.

Em Dourados, das cinco carteiras devolvidas, três foram retornadas por homens e as outras duas por mulheres.

De acordo com a editora da Seleções, Raquel Zampil, a intenção da pesquisa foi entender o comportamento do brasileiro, através da observação de cada pessoa que encontrasse uma das carteiras e de uma entrevista com aquelas que devolvessem.

O levantamento foi feito pela Seleções do Reader’s Digest e as cidades, divididas em grande, médio e pequeno porte, foram, respectivamente, Rio de Janeiro (RJ), São Paulo (SP), Salvador (BA), Belém (PA), Bento Gonçalves (RS) e Dourados (MS).

De um total de 72 carteiras deixadas nas seis cidades, 39 foram devolvidas com dinheiro, equivalente a 54%, contra 33 não devolvidas. Das 39 carteiras devolvidas, 24 foram por homens, 12 por mulheres e 3 por casais. No quesito idade, 33,5% das carteiras foram devolvidas por pessoas de até 25 anos, 33,5% por pessoas entre 26 anos e 40 anos, 26% por pessoas entre 41 anos e 60 anos e, finalmente, 7% por pessoas de mais de 61 anos.

Da cidade com maior número de pessoas que devolveram as carteiras, São Paulo ficou em 1º lugar, seguida por Belém, Salvador, Bento Gonçalves, Dourados e Rio de Janeiro.

Cinco pessoas são atingidas por raio em colheita de cana e uma morre
Um trabalhador rural identificado como Abmael Fernandes dos Santos, de 30 anos, morreu na tarde desta quarta-feira (7) ao ser atingido por um raio en...
Autores de 'arrastão' são presos após perseguição de moto; veja o vídeo
"Desculpem os palavrões, mas há situações em que a gentileza não é prioridade". Assim a Getam (Grupamento Especial Tático de Motos) publicou nesta qu...



Não se sabe se a mesma pesquisa foi feita em Brasília? Poderia ser feita no "hall" de entrada dos deputados e senadores.
 
Luiz Carlos Mattos em 20/11/2013 12:01:04
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions