A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 20 de Janeiro de 2017

05/12/2014 15:02

Em protesto por falta de salários, trabalhadores interditam duas rodovias

Priscilla Peres
(Foto: Ricardo Ojeda/Perfil News)(Foto: Ricardo Ojeda/Perfil News)

Trabalhadores da construção da UFN 3 (Unidade de Fertilizantes Nitrogenados) que protestam desde a manhã de hoje contra o não pagamento de salários, interditaram no início da tarde a BR-262, que dá acesso a São Paulo. Os dois lados da pista da BR-158 estão fechados desde cedo, onde estão cerca de 800 funcionários.

Veja Mais
Vamos fazer grandes parcerias com Dourados, diz Rose Modesto
Em 24 horas, bombeiros retiram três cobras de dentro de residências

Segundo informações do site Perfil News, 50 trabalhadores fazem barreira no KM 0 da rodovia BR-262, no trevo de acesso à Cesp (Companhia Energética de São Paulo), impedindo a todos de passar pelo local, exceto ambulâncias e casos de emergência.

Uma equipe da PRF (Polícia Rodoviária Federal) está no local para fazer a segurança dos trabalhadores e usuários, mas ainda não há previsão para a reabertura da pista. Os funcionários alegam que não ainda receberam o salário de novembro e que muitos demitidos não receberam a rescisão.

Em dois meses, quase 3 mil trabalhadores foram demitidos, o que significa 80% do quadro de funcionários. No mês passado, a UFN3 demitiu mais de 2 mil operários. As demissões em massa colocaram Três Lagoas em posição de destaque em relatório divulgado pelo MTE (Ministério do Trabalho e Emprego), por meio do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) com 3.774 desligamentos, somente no mês de outubro.

Na última semana outros 600 funcionários foram desligados e segundo informações dos funcionários havia uma lista com mais de 1,4 mil que seriam desligados na última terça-feira (25). O Campo Grande News entrou em contato com a assessoria de imprensa do Consórcio UFN3, que ficou de ser pronunciar depois de entrar em contato com a Petrobras.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions