A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

18/05/2011 12:56

Empresário preso fornecia merenda e remédios para prefeitura de Ladário

Aline dos Santos
Prefeitura chegou a ser fechada durante operaçao da PF. Prefeitura chegou a ser fechada durante operaçao da PF.

O empresário preso pela PF (Polícia Federal) na última segunda feira durante a Operação Questor fornecia merenda e medicamentos à prefeitura de Ladário, a 419 km de Campo Grande.

A polícia não divulgou o nome do empresário. De acordo com o jornal O Estado, trata-se de Jeferson Benites Cardoso. Ele assina contratos em nome da empresa CBC (Camerson Benites Cardoso). Na ação, foram investigadas fraudes envolvendo licitações com recursos do governo federal. Conforme a PF, o prejuízo aos cofres públicos supera meio milhão de reais.

“Ele [o empresário] participava da montagem dos editais. Vendia para a prefeitura através de montagens. Ganhava licitação combinando preço”, afirma o delegado Alexandre do Nascimento, delegado chefe da PF em Corumbá.

Todos o material apreendido na prefeitura, que chegou a ficar fechada na segunda-feira para cumprimento dos mandados de busca e apreensão, será analisado por servidores do CGU (Controladoria Geral da União).

Ontem, o prefeito de Ladário, José Antônio Assad e Faria (PT), prestou depoimento. Conforme o delegado, ainda é investigado o envolvimento ou não do prefeito.

A PF prendeu Name Antonio Faria de Carvalho (Secretário Municipal de Finanças); Eliene Urquiza (Secretária Municipal de Educação); Candelária Lemos (Advogada Geral do Município); Márcio José Pimenta (Setor de Licitações); Samuel Molina (Contador); e Maria Helena Silva (Núcleo de Projetos da Prefeitura).

A prisão é válida por cinco dias. De acordo com o MPF (Ministério Público Federal), as investigações iniciaram a partir de suspeitas de irregularidades na aplicação de recursos federais destinados à merenda dos estudantes da rede municipal de Ladário.

Operação da Polícia Federal prende secretários e servidores públicos
A “Operação Questor”, deflagrada hoje pela PF (Polícia Federal), atingiu o primeiro escalão da prefeitura de Ladário. Foram presos os secretários de ...
Operação da Polícia Federal contra fraudes fecha prefeitura de Ladário
Deflagrada nesta segunda-feira, a operação da PF (Polícia Federal) contra uma quadrilha acusada de fraudar licitações fechou a prefeitura de Ladário....



Isto para mim e um dos atos mais vergonhosos que ja vi noticiado na imprensa, em resumo, tirar da boca de criancas pobres e remedios da populacao tao calejada e padecida pelas politicas equivocadas, erroneas da saude, da vergonha e nojo deste Estado, sei que crime nao justifica crime, mas creio que um ladrao, um assaltante tenha muito mais dignidade e carater que essas pessoas envolvidas neste escandolo imundo.
 
Gustavo Cesar em 18/05/2011 03:16:08
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions