A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

26/09/2014 17:00

Empresários pedem a candidatos mais atenção à segunda maior cidade de MS

Helio de Freitas, de Dourados
Debate com a presença de cinco dos seis candidatos ao governo foi realizado na noite desta quinta em Dourados (Foto: Divulgação/Grande FM)Debate com a presença de cinco dos seis candidatos ao governo foi realizado na noite desta quinta em Dourados (Foto: Divulgação/Grande FM)

Os cinco candidatos ao Governo do Estado que participaram do debate realizado ontem (25) à noite no auditório da reitoria da UFGD, em Dourados, receberam uma carta elaborada pela Aced (Associação Comercial e Empresarial) pedindo mais espaço para a segunda maior cidade de Mato Grosso do Sul no próximo governo.

Veja Mais
Bonito é eleito o segundo destino mais "queridinho" por turistas em 2017
Europeus querem boicote à soja por genocídio indígena, diz deputado

Cópia da carta foi entregue a cada um dos presentes pelo presidente da entidade, Antonio Nogueira. A cópia de Delcídio Amaral (PT), o único ausente no debate, foi deixada em cima do púlpito reservado a ele no palco. Nogueira disse hoje que não viu se alguém pegou a cópia e informou que a Aced não vai mandar a carta ao candidato petista.

O documento, entregue a Reinaldo Azambuja (PSDB), Nelsinho Trad (PMDB), Evander Vendramini (PP), Professor Monje (PSTU) e Sidney Melo (PSOL), é uma mistura de reclamações contra o tratamento dado pelo Governo do Estado a Dourados e de pedidos ao futuro governador.

“Nos últimos governos estaduais, Dourados foi alijada do processo decisório nas ações governamentais. Existem conselhos auxiliares do governo e nenhum deles contempla a Grande Dourados. Nenhum douradense participa da administração estadual. Temos aqui pessoas qualificadas que podem auxiliá-lo na composição de seu governo”, afirma o documento.

Na carta, a Associação Comercial pede que representantes de Dourados participem dos conselhos de segurança pública, de desenvolvimento, de educação, de saúde, do FCO (Fundo Constitucional do Centro Oeste) e do Detran (Departamento Estadual de Trânsito).

“Para a segurança se faz necessária em Dourados a implantação de mais um Batalhão de Polícia Militar e da terceira e quarta Delegacias de Polícia Civil, sem esquecer de seus aparelhamentos. Nossa cidade pode integrar o sistema Sisfron, que está sendo implantado em nossa fronteira, o que reforçará nossa segurança e tranquilidade”, afirma a carta.

Os empresários pedem também autonomia administrativa e financeira para as polícias. “Com isso seus comandos não precisarão recorrer sempre que necessário à disponibilidade do secretário ou mesmo do governador para suas ações administrativas”.

Em outro trecho da carta, a Aced pede que os candidatos se comprometam a manter em Dourados a sede da Uems (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul). “Vemos rumores frequentes de que a Uems, que pela Constituição Estadual possui sede em Dourados, poderá ser transferida para Campo Grande. Queremos seu compromisso de não mudar a sede e fazer o seu fortalecimento, instalando aqui o curso de medicina desta universidade”. Nesta semana a Uems aprovou a instalação de medicina na unidade da Capital.

A Associação Comercial cobrou ainda ampliação dos investimentos do Estado em saúde e políticas de desenvolvimento econômico para a cidade, incluindo um distrito industrial com infraestrutura. Pediu também a construção de uma perimetral sul para desviar o tráfego de caminhões do perímetro urbano.

“Na sua política fiscal, queremos o compromisso de trabalhar pela simplificação da vida dos nossos empresários. Assuma o compromisso de implantar, na íntegra, a Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas. Não nos cause sobressaltos com novas taxas, impostos ou coisas do gênero. O Fundersul já poderia ter sido desativado e o ICMS Garantido foi um sucesso às custas de suor e lágrimas dos nossos comerciantes. Faça também um cronograma para a sua desativação. Todo o Estado o aplaudirá”, encerra a carta.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions