A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

05/09/2011 15:01

Reconstrução de escola tradicional de Dourados vai custar R$ 5,3 milhões

Marta Ferreira
Escola Presidente Vargas será reaberta em 2013 após reconstrução. (Foto: Divulgação)Escola Presidente Vargas será reaberta em 2013 após reconstrução. (Foto: Divulgação)

Saiu hoje o resultado da licitação para as obras de reconstrução da escola estadual Presidente Vargas, uma das tradicionais de Dourados e do interior do Estado. A licitação, no valor de R$ 5,3 milhões, foi dividida em dois lotes, ambos vencidos pela empresa empresa, Luca Assessoria Empresarial.

A escola funciona, há dois anos, em um prédio alugado, distante do prédio antigo, que fica no centro de Dourados.

O Diário Oficial do Estado trouxe hoje a homologação do resultado e agora falta a assinatura do contrato entre o Governo do Estado e a empresa.

O primeiro lote prevê ampliação do prédio, com investimentos de R$ 3,9 milhões. O segundo é para outros ambientes educacionais, no valor de R$ 1,4 milhão. No mês de julho, o governador André Puccinelli havia dado início ao processo licitatório durante visita a Dourados.

A escola, da década de 1950, é considerada um prédio histórico na cidade.

Os recursos vieram de emenda do deputado Geraldo Resende e do atual senador Waldemir Moka, quando deputado, ambos do PMDB. A primeira parcela dos recurso foi liberada o mês passado pelo FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento do Ensino). Foram feitos dois depósitos de R$ 750 mil. A primeira parcela foi liberada no dia 12 e a segunda no dia 20 de julho.

O projeto prevê que a escola mantenha a quantidade de salas de aula, 24, mas ganhe seis laboratórios e outros ambientes educacionais, além de elevador para deficientes físicos e anfiteatro.

Maquete eletrônica de como ficará a Escola Presidente Vargas após reconstrução. (Foto: Reprodução)Maquete eletrônica de como ficará a Escola Presidente Vargas após reconstrução. (Foto: Reprodução)
Jovem de 26 anos morre após fazer aborto em clínica clandestina
Uma jovem de 26 anos morreu depois de fazer um aborto em uma clínica de Porto Murtinho, distante 431 km de Campo Grande na terça-feira (6). A mãe da ...
Segurança reage a assalto, troca tiros com bandidos e é atingido de raspão
Ao reagir durante assalto anunciado por três homens, o segurança Aldair José de Oliveira, 30, ficou ferido ao ser atingido por um tiro. O caso aconte...
Cinco pessoas são atingidas por raio em colheita de cana e uma morre
Um trabalhador rural identificado como Abmael Fernandes dos Santos, de 30 anos, morreu na tarde desta quarta-feira (7) ao ser atingido por um raio en...



Fico feliz com a reconstrução do Estadual como era chamado, pois foi ali que cursei o antigo ginásio nos anos de 1963 a 1965. Velhos e bons tempos aqueles!
 
Jericó Vieira de Matos em 06/09/2011 09:59:01
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions