A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

11/05/2012 09:30

Vídeo mostra escuridão no acesso à UFMS em Bonito; assista

Luciana Brazil

A falta de iluminação na região que dá acesso à UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), na unidade de Bonito, a 257 km de Campo Grande, tem provocado reclamação dos alunos. Com tanta escuridão, eles afirmam que a segurança dos estudantes fica comprometida.

Veja Mais
PMA fecha posto de combustível e multa proprietário em R$ 50 mil
Homem é esfaqueado e encontrado morto em frente de casa

O acesso à instituição é feito pela rodovia estadual MS-382. Na escuridão, os estudantes transitam com medo, já que é a única forma de chegar ao campus.

Concluindo o curso de Turismo e Meio Ambiente, o aluno Leandro Neto usa a bicicleta para chegar à UFMS. De acordo com ele, no trajeto existem buracos e não há nenhum tipo de iluminação. O asfalto vira, de repente, estrada de chão, com pedras, buracos e lombadas. "É muito escuro e perigoso. Eu quase fui atropelado esses dias. Todo mundo reclama", frisou.

O aluno chegou a enviar um pedido de providências ao diretor da instituição, Noslin de Paula Almeida, pedindo que alguma medida fosse tomada. Em resposta, o diretor do campus lembrou que a iluminação pública é de responsabilidade do Poder Público Municipal.

E fez uma ressalva dizendo que a prefeitura efetuou a compra dos equipamentos para instalar a iluminação, mas como ainda não havia rede de baixa tensão (apenas de alta tensão), não foi possível instalar as luzes. A Prefeitura confirmou a informação e assegurou que está apenas aguardando a concessionária de energia baixar a tensão.

A Enersul (Empresa Energética de Mato Groso do Sul), por meio da assessoria de imprensa, afirmou que já enviou o orçamento da instalação para o município e agora aguarda a aprovação. Segundo a empresa, o rebaixamento da rede de energia só é feito quando o município solicita.

Desde 2009, a universidade está na cidade de Bonito, onde são oferecidos os cursos de Turismo e Meio Ambiente e Administração.

Assista ao vídeo do acadêmico Leandro Neto, feito durante seu trajeto até a universidade.

Homem é esfaqueado e encontrado morto em frente de casa
Almir Caetano Lima, 39, foi encontrado morto com sinais de esfaqueamento na barriga, às 7h deste sábado (3) no bairro Cascatinha II em Sidrolândia, d...
Sobrinho mata tio com facada no coração e se entrega para polícia
Elpídio Corrêa Mendes, 39, foi morto esfaqueado pelo sobrinho, Tiago Corrêa Mendes, 20, na manhã deste sábado (3) em Naviraí, distante 366 km de Camp...



A realidade é essa, mas as pessoas preferem ignorar as realidades e ficarem assistindo TV, novelas e futebol. Por isso que o Brasil está como está, cheio de corrupção e pessoas erradas nos governos e instituições, seja em Prefeituras, Secretarias, Universidades. Porque o povo não se mexe para nada. O povo brasileiro é acomodado e só pensa na sua própria barriga, sempre olhando a bunda dos outros.
 
Leandro Neto em 17/05/2012 09:16:07
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions