A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

15/09/2015 13:34

Esperando asfalto há 20 anos, moradores do Jardim Pantanal organizam protesto

Líder comunitário reclama da demora em pavimentação de bairro da região leste de Dourados; já existe emenda para execução da obra pelo governo do Estado, mas licitação ainda não foi feita

Helio de Freitas, de Dourados
Rua do Jardim Pantanal, na região leste de Dourados, durante chuva da semana passada (Foto: Divulgação)Rua do Jardim Pantanal, na região leste de Dourados, durante chuva da semana passada (Foto: Divulgação)
Mapa enviado pela assessoria de Geraldo Resende mostra ruas que serão asfaltadas no Jardim Pantanal (Divulgação)Mapa enviado pela assessoria de Geraldo Resende mostra ruas que serão asfaltadas no Jardim Pantanal (Divulgação)

Moradores do Jardim Pantanal, bairro na região leste de Dourados, reclamam da situação de abandono das ruas. Em dias secos, a população sofre com a poeira e em dias chuvosos, como ocorreu na semana passada, a lama toma conta do bairro e deixa as ruas intransitáveis.

Veja Mais
Trabalhador morre ao sofrer descarga elétrica durante conserto de bomba d'água
Ciclista morre ao ser atingido por vários tiros disparados por dupla em moto

Cansados de esperar há 20 anos pelo asfalto, os moradores organizam um protesto para sexta-feira (18) e prometem interditar a Rua Monte Alegre, uma das principais vias que ligam a região leste ao Centro da segunda maior cidade de Mato Grosso do Sul.

O técnico de manutenção predial e líder comunitário Paulo César Franco Torres, 33, informou que vai convidar os demais moradores com um carro de som, chamando-os para o protesto. “Já conversamos com o secretário de Obras e com outros assessores, que nos informaram sobre uma emenda do deputado Geraldo Resende. Existe projeto, mas está tudo parado, nem a licitação foi feita ainda”.

Lama e poeira – Segundo ele, asfalto só existe na parte onde as casas foram construídas pela Caixa Econômica Federal. Nas ruas mais antigas do bairro, o cenário é de lama e poeira. “São seis ruas sem asfalto. Os moradores sofrem com a lama e a poeira. Com a chuva da semana passada ficou ainda mais difícil sair de casa”, afirmou Torres.

O representante dos moradores disse que até a rede de esgoto já foi implantada no Jardim Pantanal, mas o asfalto ainda é apenas sonho. “O trecho abandonado vai da Rua Beija-Flor até a 7 de Setembro. Algumas vias ali tem pavimentação, mas a maioria continua na lama e cheia de buracos, como o final da Ponta Porã, onde a situação é bem precária e quando chove ainda entra água em algumas casas”, contou Paulo Torres.

A assessoria de comunicação da prefeitura informou que foi enviado a Brasília o projeto solicitando recursos para asfaltar o Jardim Pantanal, mas o dinheiro não foi liberado. Atualmente o município executa obras de asfalto em pelo menos 2 bairros, com o pacote de R$ 52 milhões obtidos através de financiamento da Caixa Econômica Federal.

Projeto contempla algumas ruas – Já a assessoria do deputado federal Geraldo Resende (PMDB), informou que existem recursos já empenhados para asfalto em trechos do bairro. “O projeto está sendo encaminhado pelo governo do Estado, que é quem vai cadastrá-lo no Ministério das cidades, fazer a licitação e executar a obra”.

Ainda conforme a assessoria do deputado peemedebista, o projeto de engenharia foi elaborado pela prefeitura, em parceria entre o mandato de Geraldo Resende e governo do Estado.

Moradores esperam há 20 anos pelo asfalto no Jardim Pantanal e reclamam da poeira em dias secos e da lama em dias chuvosos (Foto: Divulgação)Moradores esperam há 20 anos pelo asfalto no Jardim Pantanal e reclamam da poeira em dias secos e da lama em dias chuvosos (Foto: Divulgação)
Trabalhador morre ao sofrer descarga elétrica durante conserto de bomba d'água
José Antônio Farias, 51, morreu após sofrer uma descarga elétrica enquanto arrumava uma bomba d'água às margens de uma lagoa, no distrito de Lagoa Bo...
Ciclista morre ao ser atingido por vários tiros disparados por dupla em moto
Wellington Ronaldo de Souza, 34, foi morto a tiros ao ser abordado por dois homens que estavam em uma moto. O homicídio aconteceu às 20h30 de domingo...
Durante briga em lanchonete, homem é esfaqueado e morre a caminho do hospital
Francisco Torales Monteiro, 32, foi encontrado ferido e agonizando em uma lanchonete de posto de combustível por volta de 00h05 desta segunda-feira (...
Pedestre é atropelado e morto por motociclista embriagado e sem CNH
Davi Ezequiel Barreto, 52, morreu atropelado após ser atingido pela moto conduzida por Ednilson de Oliveira, 21, que estava supostamente embriagado. ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions