A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 22 de Fevereiro de 2017

27/07/2011 23:07

Estelionatário compra carro em nome do ex-prefeito

Paulo Fernandes
Ex-prefeito de Pedro Gomes, Francisco Vanderley Mota, informou à polícia ser vítima de estelionatário (Foto: PC de Souza/Arquivo/Edição de Notícias)Ex-prefeito de Pedro Gomes, Francisco Vanderley Mota, informou à polícia ser vítima de estelionatário (Foto: PC de Souza/Arquivo/Edição de Notícias)

Um estelionatário comprou um Fiat Strada Adventure em Chapadão do Sul, no último dia 14, em nome do ex-prefeito de Pedro Gomes, Francisco Vanderley Mota, de 48 anos.

É o que diz o ex-chefe do Executivo municipal, que registrou um Boletim de Ocorrências, nesta quarta-feira, na Polícia Civil de Pedro Gomes.

Para comprar o carro, o estelionatário apresentou documentos falsos, incluindo um holerite no valor de R$ 11 mil, como sendo diretor do Hospital Regional Álvaro Fontoura, de Coxim.

Só que o ex-prefeito não é diretor do HR, mas dono de um posto de combustíveis às margens da BR-163, em Pedro Gomes. Além disso, segundo o site Edição de Notícias, nos documentos apresentados à concessionária constam a foto do estelionatário.

O golpe só foi descoberto porque o Banco Fiat entrou em contato com o ex-prefeito, que deu início a uma investigação paralela, ainda conforme aquele site.

No Detran/MS (Departamento Estadual de Trânsito), a informação é de que o carro foi emplacado no dia 22.

Nova compra - Na manhã desta quarta-feira, o ex-prefeito recebeu uma ligação da concessionária Citroen de Campo Grande e foi informado pelo vendedor que seu cadastro havia sido aprovado e que precisava confirmar alguns dados.

O vendedor foi avisado que tratava-se de um golpe e que todos os documentos apresentados são falsos.

A esposa do ex-prefeito Francisco Vanderley Mota, Maria Maura de Araújo, também foi vítima do estelionatário, que falsificou a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) dela.

Prefeitura perde na Justiça e terá que pagar retroativos a professores
Em decisão tomada por unanimidade pelos desembargadores da 1ª Câmara Cível do TJ-MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), a prefeitura de Ivin...
Após relato sobre caça e extração ilegal de madeira, PMA apreende arma
Após receber denúncias de extração ilegal de madeira e caça ilegal sendo praticadas em Ivinhema - município localizado a 282 km de Campo Grande -, um...
Falso médico é acusado de matar paciente em hospital do interior
O MPE (Ministério Público Estadual) denunciou à Justiça e pediu a prisão do falso médico Marx Honorato Ortiz. Ele teria atuado no Hospital Municipal ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions