A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

25/07/2012 21:15

Estoques de gasolina e etanol acabam nos principais postos de Corumbá

Nyelder Rodrigues
Sem gasolina e etanol, postos ficam com baixo movimento a tarde e reduzem número de funcionários trabalhando (Foto: Capital do Pantanal)Sem gasolina e etanol, postos ficam com baixo movimento a tarde e reduzem número de funcionários trabalhando (Foto: Capital do Pantanal)

Em Corumbá, cidade localizada a 419 quilômetros de Campo Grande, a crise na distribuição de combustíveis afeta a maioria dos postos, que estão sem estoques de gasolina e álcool, comercializando apenas óleo diesel.

Veja Mais
Sem gasolina, postos baixam preço do etanol para não perder clientes
Postos trabalham no limite do estoque de gasolina para atender clientes

De acordo com o site Capital do Pantanal, a Petrobrás garantiu que haverá reabastecimento no município, entretanto, em quantidade pequena, suficiente para atender a demanda apenas por um dia.

Ainda segundo o Capital do Pantanal, alguns estabelecimentos chegaram a reduzir o número de frentistas por causa do baixo movimento durante a tarde. Um funcionário ficou durante a tarde ao lado das bombas, acenando para os motoristas que o combustível já havia acabado.

Na manhã, vários carros fizeram fila nos poucos postos que ainda comercializavam gasolina. No posto Rio Azul, centro de Corumbá, foi necessária a presença da Polícia Militar (PM) para controlar o tumulto de causado pela busca por reabastecimento.

Ao site Diárionline, o sócio-proprietário do posto Rio Azul, Luiz Ribeiro, falou sobre as conversas que teve com a distribuidora. "Minha distribuidora tinha até hoje de manhã, mas como a demanda aumentou, ela teve que suprir a da Petrobras, quadruplicou o fornecimento e todo o estoque que tinha venceu. Agora, o problema dela afeta a gente porque não vamos conseguir atender todo mundo".

Já no posto Paulista, 14 mil litros de etanol foram vendidos só hoje. A expectativa na maioria dos postos é que as carretas com os combustíveis cheguem até esta quinta-feira (26).




Quando tem problemas com a telefonia (bom, eu não tive problema nenhum) as empresas recebem multa pesada e são proibidos de vender. Mas isso já não é a primeira vez do Petrobras vacilar este ano, e cadê o MP, Procon, ...? Imagina vc como turista ficar preso em Corumba, tendo que voltar para o trabalho em Campo Grande ou SP, mas não tendo como voltar... faltar gasolina assim é coisa seria!
 
Marcos da Silva em 25/07/2012 10:51:31
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions