A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

11/03/2011 10:22

Estudantes da UFMS protestam em Naviraí por melhorias no trânsito e transporte

Fabiano Arruda

Movimento reuniu 70 universitários ontem à noite

Estudantes fazem protesto em frente à Prefeitura. (Foto: Sul News)Estudantes fazem protesto em frente à Prefeitura. (Foto: Sul News)

Cerca de 70 estudantes da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) protestaram ontem, entre 19h e 21h30, na Praça Euclides Fabris, em frente à prefeitura de Naviraí e pediram o apoio da Polícia Militar para orientar o trânsito, fechado naquele ponto da rotatória.

Gritando palavras de ordem, exibindo cartazes e pedindo a presença do prefeito Zelmo de Brida (PMDB), eles protestaram contra a falta de um ônibus para levá-los da área central da cidade até o campus da UFMS, distante cerca de quatro quilômetros, na margem esquerda da rodovia MS-141, na ligação entre Naviraí e Ivinhema.

O universitário do primeiro semestre de pedagogia, Anderson Marcos, afirma que, no ano passado havia ônibus, e que não quer acreditar que a Prefeitura queira investir em carnaval e não mais em educação.

Os vereadores Vanderlei Chagas (PR) e Leandro Peres de Matos (Leo Matos - PV) estiveram no local e em após telefonemas e uma reunião com uma comissão de universitários, agendaram novo encontro para as 14h desta sexta-feira, para tentar solucionar o impasse.

Na unidade da UFMS em Naviraí há mais de 300 universitários distribuídos nas salas dos cursos de Pedagogia e Ciências Sociais. Há a previsão de implantação de pelo menos mais três cursos em médio prazo, incluindo o de enfermagem.

(Com informações do Sul News)




O que aconteceu com estes universitario simplesmente foi uma falta desrespeito com aqueles que lutam por um país melhor, por um estado e um municipio com mais qualidade de ensido educaçao, mas a minha critica se basea que estes universitarios so querem apenas o seu direito respeitado ou seja, estudar e num pais onde os imposto sao absurdamentes altissimos nao se pode desfazer duma situaçao assim sem a minima explicaçao com antecedencia para aqueles alunos que simplesmente queria estudar com ou seja queria o seu direito de ir e voltar e ficaram horas esperando e simplesmente vem uma noticia que tudo q vossas autoridades tinham prometido e estabelecidos antes não era mais cocreto é os academicos tiveram que novamente simplesmente esperar uma nova resposta das nossas autoridades!!!
Como se pode num municipio que gastou altas verbas num festa de carnaval não ter, condiçao de manter um onibus num percurso tao longe assim, mas nao tem como ir todos os dias de a pé o local é meio longe
cerca de 4 km é muita falta de consideraçao por aqueles que lutam por dias melhores e uma cidade melhor ainda investe seus imposto aqui mesmo aqueles que são de outras municipios dizer que não tem condiçao de manter um veiculo publico numa distancia destas
Na verdade isso tudo nao se passa de politica ou seja, um vem diz q apoia isto ou aquilo, sai em capa de jornal entao o povo ve nosso eles estao na luta junto as eles mas na verdade ja estão distribuindo o que colher no futuro.
No entanto, uns pode ir e voltar de a pé ou seja, la o que for mas e aqueles que nao pode ir nao nessecitam de atendimentos especiais como faz numa rodovia onde nao ha iluminaçao ate a Universidade como fica estes alunos e agora eu me pergunto onde estão e a onde ficou nosso direito de democracia e tambem de ir e voltar com segurança.
 
FERNANDO DA SILVA em 11/03/2011 12:11:23
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions