A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

26/10/2015 13:32

Estudo aponta oportunidades de investimento em 39 áreas da economia

Helio de Freitas, de Dourados
Prefeito de Dourados com o secretário de Desenvolvimento Econômico Jaime Verruk (Foto: Chico Leite/Divulgação)Prefeito de Dourados com o secretário de Desenvolvimento Econômico Jaime Verruk (Foto: Chico Leite/Divulgação)

O município de Dourados, a 233 km de Campo Grande, tem oportunidade de investimentos em 39 áreas da economia. Os dados foram apontados em estudo feito pelo Sebrae para o Propeq (Programa Estadual de Apoio aos Pequenos Negócios), do governo do Estado e o resultado entregue ao prefeito Murilo Zauith (PSB) pelo secretário estadual de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico, Jaime Verruk.

Veja Mais
Europeus querem boicote à soja por genocídio indígena, diz deputado
Corpo encontrado em rio é de trabalhador que desapareceu no domingo

De acordo com os números divulgados pela prefeitura, são 19 áreas para investimento no comércio e serviços, entre as quais academia de ginástica, treinamento organizacional, lavanderia, instalação e manutenção de equipamentos de residência, comércio e indústria, limpeza, comida congelada, estacionamento, confecção de fardamento miliar e tecnologia da informação.

Também nesse segmento, há espaço para se investir em bares, cafés, docerias e atrações noturnas, hotéis e pousadas para temporadas e fim de semana, padarias, lanchonetes, serviços de buffet, teatro e cinema.

Indústria – Já no segmento da indústria, as opções apontadas no estudo são agroindústrias para beneficiamento de frutas, verduras, mel, leite, couro bovino e de peixe, confecção de uniformes industriais, reciclagem de lixo doméstico e industrial, manutenção de veículos e máquinas pesadas, manutenção industrial, produção de equipamentos de proteção individual e serviço de alimentação industrial.

O estudo do Sebrae apontou que no segmento agropecuário existem oportunidades para produção de frutas e hortaliças, produção de leite, produção de mel, produção de pães, bolos e doces caseiros, pousadas rurais, piscicultura, produção agroecológica com comercialização personalizada e produção de pequenos animais com características caipiras.

Para o prefeito douradense, o estudo confirma o potencial da segunda maior cidade de Mato Grosso do Sul: “Nosso município é um celeiro de oportunidades, um polo regional muito forte, que atende 39 cidades com comércio e serviços especializados, saúde e educação. Somos o centro de uma região de um milhão de habitantes”.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions