A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 16 de Janeiro de 2017

26/10/2015 13:32

Estudo aponta oportunidades de investimento em 39 áreas da economia

Helio de Freitas, de Dourados
Prefeito de Dourados com o secretário de Desenvolvimento Econômico Jaime Verruk (Foto: Chico Leite/Divulgação)Prefeito de Dourados com o secretário de Desenvolvimento Econômico Jaime Verruk (Foto: Chico Leite/Divulgação)

O município de Dourados, a 233 km de Campo Grande, tem oportunidade de investimentos em 39 áreas da economia. Os dados foram apontados em estudo feito pelo Sebrae para o Propeq (Programa Estadual de Apoio aos Pequenos Negócios), do governo do Estado e o resultado entregue ao prefeito Murilo Zauith (PSB) pelo secretário estadual de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico, Jaime Verruk.

Veja Mais
Mesmo com ordem de despejo, índios ampliam invasões em lotes urbanos
Cidade de MS teve 157 focos de queimadas em duas semanas do ano

De acordo com os números divulgados pela prefeitura, são 19 áreas para investimento no comércio e serviços, entre as quais academia de ginástica, treinamento organizacional, lavanderia, instalação e manutenção de equipamentos de residência, comércio e indústria, limpeza, comida congelada, estacionamento, confecção de fardamento miliar e tecnologia da informação.

Também nesse segmento, há espaço para se investir em bares, cafés, docerias e atrações noturnas, hotéis e pousadas para temporadas e fim de semana, padarias, lanchonetes, serviços de buffet, teatro e cinema.

Indústria – Já no segmento da indústria, as opções apontadas no estudo são agroindústrias para beneficiamento de frutas, verduras, mel, leite, couro bovino e de peixe, confecção de uniformes industriais, reciclagem de lixo doméstico e industrial, manutenção de veículos e máquinas pesadas, manutenção industrial, produção de equipamentos de proteção individual e serviço de alimentação industrial.

O estudo do Sebrae apontou que no segmento agropecuário existem oportunidades para produção de frutas e hortaliças, produção de leite, produção de mel, produção de pães, bolos e doces caseiros, pousadas rurais, piscicultura, produção agroecológica com comercialização personalizada e produção de pequenos animais com características caipiras.

Para o prefeito douradense, o estudo confirma o potencial da segunda maior cidade de Mato Grosso do Sul: “Nosso município é um celeiro de oportunidades, um polo regional muito forte, que atende 39 cidades com comércio e serviços especializados, saúde e educação. Somos o centro de uma região de um milhão de habitantes”.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions