A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

23/09/2014 09:13

Ex-sócio de frigorífico é preso no PR por formação de quadrilha e estelionato

Luciana Brazil
Secat onde Osmane está detido desde sábado. (Foto: Jornal da Nova)Secat onde Osmane está detido desde sábado. (Foto: Jornal da Nova)

O ex-sócio do frigorífico Pontual, em Nova Andradina, a 300 quilômetros de Campo Grande, Osmane de Oliveira, 59 anos, foi preso no último sábado (20), em Maringá (PR), em cumprimento a um mandado de prisão. De acordo com o o site Jornal da Nova, Osmane foi condenado por estelionato e formação de quadrilha. Ele era procurado desde o ano passado, quando o mandado de prisão foi expedido, no dia 1° de agosto. Ele vai cumprir pena de seis anos e três meses de reclusão em regime semiaberto.

Veja Mais
Polícia desarticula “família do tráfico” que mandava droga para Goiás
Sem salário e 13º, enfermeiros de hospital particular iniciam greve dia 12

Além de Osmane, o relatório do MPE (Ministério Público Estadual) denunciava ainda outras 11 pessoas por crime de vantagem ilícita, causando prejuízo a diversos pecuaristas do município.

Segundo o Jornal da Nova, as vítimas vendiam cabeças de gado para os frigoríficos e recebiam notas promissórias pela venda. Conforme o relatório da Promotoria, as notas promissórias não eram pagas. Além disso, os réus contrataram Euclides Antônio Barbosa, também denunciado no processo, que ganhava a confiança das vítimas para reaver as notas promissórias argumentando que conseguiria receber o pagamento da dívida em Maringá, o que nunca acontecia.

Ainda conforme o relatório, as notas promissórias, além de não terem sido pagas, teriam sido entregues aos devedores.

Osmane está detido no Secat (Setor de Carceragem Temporária) em Maringá e aguarda decisão judicial para ser transferido para Nova Andradina, onde esta sendo processado.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions