A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 25 de Fevereiro de 2017

08/06/2012 12:40

Exército e Marinha investigam acidente com 2 mortes no rio Paraguai

Aline dos Santos e Viviane Oliveira

Os ocupantes de lancha estavam sem coletes salva-vidas

O Exército e a Marinha vão investigar o acidente entre embarcações que provocou a morte de um soldado e uma professora no rio Paraguai. A colisão entre a lancha do Exército e o barco pesqueiro, ocorrida na noite de quarta-feira, foi na região da baía Saracura, em Corumbá.

Conforme o Exército, foi aberto um IPM (Inquérito Policial Militar) para apurar as causas do acidente, com prazo de 40 dias para conclusão. Em seguida, será emitido um parecer. Neste mesmo período, a Marinha também fará a investigação. Foram apreendidas a lancha, o motor e armas, que serão periciados.

A lancha afundou após bater no barco. Os ocupantes estavam sem coletes salva-vidas. Morreram o soldado Anderson Magalhães de Souza, de 21 anos, piloto da embarcação, e a professora Maria Tereza.

O soldado Alecsandro Macedo Linhares, que também estava na lancha, nada sofreu. No outro barco, ninguém ficou ferido. Em depoimento à Polícia Civil, o piloto do barco pesqueiro relatou que a lancha não tinha sinalização.

Lancha do Exército colide com barco e 2 pessoas morrem no rio Paraguai
Duas pessoas morreram após acidente entre uma embarcação do Exército e um barco pesqueiro, por volta das 19 horas de ontem (6) no rio Paraguai, na re...
Justiça absolve professor condenado a 61 anos por abuso sexual
O TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) absolveu o professor André Félix dos Reis, que havia sido condenado a 61 anos de prisão por estup...
Bêbada, mulher ameaça jogar própria filha na frente de veículos em avenida
Uma mulher de 26 anos, em visível estado de embriaguez, ameaçou matar a própria filha, de 4, jogando a criança na frente de veículos que passavam em ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions