A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

07/01/2011 15:49

Exploração de madeira gera multa de R$ 1 milhão em Bataguassu

Jorge Almoas
Toras de madeira nativa foram extraídas de área de reserva (Foto: Divulgação PMA)Toras de madeira nativa foram extraídas de área de reserva (Foto: Divulgação PMA)

A proprietária de uma fazenda em Bataguassu e um homem que realizava atividades carvoeiras na propriedade foram multados pela PMA (Polícia Militar Ambiental) em mais de R$ 1 milhão pelos crimes ambientais de exploração ilegal da madeira e carvoaria.

Os policiais ambientais de Bataguassu, município localizado a 335 quilômetros de Campo Grande, flagraram na Fazenda Água Branca a extração de 50 metros cúbicos de madeira das espécies nativas angico, faveiro, balsemim e outras. As espécies eram retiradas da área de reserva da propriedade.

Ricardo Lima estava explorando a madeira para atividades carvoeiras. Ele recebeu multa de R$ 515 mil pela atividade predatória.

A proprietária da fazenda, Lúcia Camargo Platzeck, que mora em Presidente Venceslau (SP), também foi multada em R$ 515 mil por permitir a exploração ilegal.

Os dois vão responder por crime ambiental e se condenados, podem cumprir de seis meses a um ano de detenção.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions