A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

25/02/2015 09:50

Falta alimentos em supermercados com protesto de caminhoneiros

Viviane Oliveira
Em alguns supermercados, já faltam produtos nas prateleiras. (Foto: Anderson Gallo/Diário Corumbaense)Em alguns supermercados, já faltam produtos nas prateleiras. (Foto: Anderson Gallo/Diário Corumbaense)

Os comerciantes e consumidores já começam a sentir os efeitos da mobilização dos caminhoneiros, em Corumbá, distante 419 quilômetros de Campo Grande. Desde sábado (21), caminhoneiros bloqueiam rodovias de Mato Grosso do Sul em protesto pela diminuição da pauta fiscal sobre o óleo diesel.

Veja Mais
Protesto de caminhoneiros chega ao 5° dia com seis trechos interditados
Bloqueio de caminheiros já dura mais de 23h na BR-163 em São Gabriel do Oeste

Em entrevista ao Diário Corumbaense, o gerente comercial de uma rede de supermercados, Adélcio Daniel, diz que o principal prejuízo será na parte dos produtos perecíveis como frutas, verduras e legumes. Outro setor que será atingido é o de derivados de frangos e suínos. “Eles não conseguem sair das granjas e não chegando até os abatedouros, não saem para a distribuição”, pontua.

Mesmo com a falta de alguns produtos, o gerente afirma que os preços não serão alterados. “O mais importante é a compreensão dos consumidores até que o abastecimento seja normalizado”, destaca Adélcio. Ele acrescenta ainda que o problema enfrentado durante a paralisação são os saques, que são frequentes quando há muitos dias de paralisação comprometendo ainda mais a carga que já tinha destino certo.

De acordo com dados mais recentes da PRF (Polícia Rodoviária Federal), motoristas enfrentam dificuldades para atravessar 69 pontos de 24 rodovias federais, conforme foi publicado no site da Agência Brasil. Os estados mais prejudicados,  são Santa Catarina, com 17 trechos bloqueados, o Rio Grande do Sul, com 15 pontos interditados, e Paraná, com 14 bloqueios. As rodovias de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Minas Gerais tiveram aumento no número de interdições causadas pelos caminhoneiros.




Acho que a população deveria se sacrificar um pouquinho pois os caminhoneiros estão lutando por um bem maior....
 
Max em 25/02/2015 12:34:56
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions