A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

13/07/2015 07:43

Família desconfia e acusado é preso ao chorar em velório de mulher atropelada

Caroline Maldonado
Jovem de 24 anos foi preso durante velório de mulher atropelada (Foto: TL Notícias)Jovem de 24 anos foi preso durante velório de mulher atropelada (Foto: TL Notícias)

Um desconhecido levantou suspeitas e acabou preso no velório da vítima de um atropelamento, neste fim de semana, em Três Lagoas, a 338 quilômetros de Campo Grande. Os familiares de Eleuda Pessoa, 51 anos, chamaram a polícia ao ver o homem chorar, passando as mão na cabeça da mulher.

Veja Mais
Ciclista morre após ser atropelada e motorista foge sem prestar socorro
Sete pessoas morreram em quatro acidentes ontem em rodovias de MS

O suspeito de 24 anos disse aos policiais que conhecia a vítima, mas não falava com ela há muito tempo, segundo o jornal TL Notícias. No entanto, no celular dele foi encontrado registro de três ligações recentes recebidas de Eleuda. Além disso, o rapaz tinha mancha de sangue na orelha, mas sem ferimentos. Ele acabou confessando que tomou tereré com a vítima na sexta-feira (10) e a encontrou em um bar, mas negou relacionamento amoroso.

Com isso, a equipe da Rotai (Rondas Ostensivas Táticas do Interior) foi até a casa do suspeito, onde encontrou uma blusa de cor preta com vestígios de sangue. Os policiais prenderam o rapaz e solicitaram o trabalho da perícia para o recolhimento das provas. Ainda conforme o TL Notícias, o homem apresentou nome falso e já tem passagens pela polícia.

Na madrugada de sábado (11), o corpo de Eleuda foi encontrado em um terreno baldio ao lado de uma bicicleta, no bairro Jardim das Oliveiras. Segundo a vizinhança, ela foi atingida de frente por um carro, enquanto pedalava na Rua Clóvis Beviláqua, no bairro Jardim das Oliveiras.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions