A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

22/02/2015 13:39

Família sofre acidente na BR-060 quando ia para velório em Camapuã

Liana Feitosa
Por causa da buraco, veículo sai da pista e capota. (Foto: In Foco MS)Por causa da buraco, veículo sai da pista e capota. (Foto: In Foco MS)

Um músico de Camapuã, cidade a 133 quilômetros de Campo Grande, sofreu um acidente enquanto viaja de Campo Grande a Camapuã. Maik Rogério Gonçalves Cunha, de 34 anos, conduzia um Ford Fiesta pela BR-060 para ir ao velório de um tio na cidade do interior.

Veja Mais
Justiça determina instalação de rede de esgoto em Nova Alvorada do Sul
Pistoleiro morre baleado durante confronto com a polícia do Paraguai

Segundo o site In Foco MS, na altura do km 203 Maik perdeu o controle da direção após passar por um buraco. Devido à falha na pista, o veículo saiu da pista e capotou. Em seguida, o carro desceu por um barranco de cerca de três metros de altura até parar encostado em uma cerca.

O acidente aconteceu entre a Vila industrial e o centro de Camapuã. Ele estava com a esposa, a filha, a cunhada e a concunhada e, apesar do susto, todos passam bem. Uma das vítimas, Kianny Nunes, contou em uma rede social que sofreu sete pontos na cabeça e, a irmã dela, alguns hematomas, também na cabeça. 

Ainda de acordo com o In Foco MS, todos os ocupantes do veículo utilizavam cinto de segurança, por isso, ninguém sofreu ferimentos graves. A esposa de Maik foi levada ao hospital devido a um corte na cabeça, mas já recebeu alta.

À equipe de reportagem do In Foco MS a família do músico disse que, enquanto era atendidos no hospital, o carro foi furtado e, na ação, aparelho de som, pneu estepe e auto falantes foram levados.
O acidente ocorreu por volta das 10h30 deste sábado (21).

Justiça determina instalação de rede de esgoto em Nova Alvorada do Sul
A Sanesul e a prefeitura de Nova Alvorada do Sul - cidade localizada a 120 km de Campo Grande - terão que criar no município rede coletora e estação ...
Médico nega que tenha abandonado pacientes e diz que foi autorizado a sair
O médico Carlos José da Costa Duran, de 41 anos, nega que tenha abandonado o plantão no hospital e maternidade Idimaque Paes Ferreira, o único em Rio...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions