A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

18/04/2013 16:30

Fazenda pivô da morte de policial é área indígena, informa Funai

Edivaldo Bitencourt
Ele é um dos cinco presos acusados de matar policial (Foto: Arquivo)Ele é um dos cinco presos acusados de matar policial (Foto: Arquivo)

A propriedade rural do policial militar aposentado Arnaldo Alves Ferreira, de 68 anos, morto em confronto com índios no dia 12 deste mês, em Douradina, a 196 quilômetros da Capital, foi demarcada como área indígena. A informação é do coordenador regional da Funai (Fundação Nacional do Índio) de Dourados, Vander Aparecido Nishijima, em entrevista ao Dourados News.

Veja Mais
Fiems pede que governo mantenha contratos de incentivos fiscais
Reinaldo chega a Dourados para lançamento e entregas de obras

Ele disse que o PM entrou com ação na Justiça para anular a demarcação do imóvel. A fazenda fica no distrito Lagoa Rica, em Douradina.

O assassinato do policial é resultado do conflito na disputa pela área. Segundo o delegado Marcelo Batistela Damasceno, índios e o produtor rural tinham um histórico de brigas por causa da propriedade.

A última briga ocorreu após o PM aposentado prestar depoimento sobre uma denúncia feita pelos índios. Na volta, ao chegar a propriedade, o PM foi morto a golpes de facão e flechas.

A Polícia concluirá o inquérito na segunda-feira. Cinco índios já estão presos pelo assassinato.




A Funai é como se fosse um país dentro do Brasil. Tem suas próprias leis. Não respeitam nada, nem a Constituição Federal nem as leis. É composta por bandidos que aterrorizam os produtores rurais, que são os legítimos detentores de suas terras, pois possuem títulos emitidos pela União. A Funai incita invasões, a depredação do patrimônio alheio e até desafiam as autoridades. É um órgão de bandidos e assassinos.
 
Renato Karim Safatli em 31/05/2013 17:56:20
É Srº Vander assim o órgão coordenado pelo senhor alega, mas para ser demarcada tem que haver a assinatura da Srª Dilma não é verdade??!! portanto não tem nada demarcado, apenas um relatório levantado pela FUNAI dizendo que 12 mil hectares teriam sido terras indígenas no passado, teria este relatório hoje força de lei para se afirmar que esta terra esta "demarcada"?!
Se o órgão coordenado pelo Srº fazer um estudo bem profundo no Brasil sobre terras indígenas, com certeza apontará que bem onde o Srº mora no passado foi terra de Índios não é verdade?!Assim também teria que abandonar sua casa por ser terra indígena no passado, para quem aprendeu história por volta do ano de 1500 portugueses chegaram aqui e só existia índio nesta terra chamado hoje de Brasil, portanto o Brasil de é d Índios.
 
Leandro Goncalves em 18/04/2013 21:53:22
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions