A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

18/10/2014 22:05

Fazendeiro sai para comprar gado, é morto a tiros e enterrado em chácara

Eduardo Penedo

O produtor rural Maximiliano Ramos, 45 anos, foi morto com tiros na cabeça e enterrado na chácara Bela Vista, dentro do perímetro urbano de Camapuã. O corpo foi encontrado por volta das 17h30 de hoje (18), e a suspeita é que o amigo Thiago Arruda Bais teria matado e enterrado o corpo do amigo.

Veja Mais
Dupla é presa e confessa ter matado homem a pedradas e garrafadas
Pajero com 5 passageiros sai da pista, capota e “sobe” em poste de energia

Segundo a Polícia Civil, Ramos e Arruda estavam desaparecidos desde quinta-feira (16) quando foram até a cidade de Bandeirantes para comprar gado. O último contato feito por Arruda foi no mesmo dia do desaparecimento quando ligou para a esposa do amigo pedindo que ela fosse até um posto de combustível chamado Angico, em Camapuã, para ajudar a assinar alguns papeis.

A esposa da vítima estava junto com a mulher de Arruda quando o suspeito ligou. Elas então resolveram ir juntas, mas Arruda desconversou e disse que não precisava mais a presença delas. Depois desse contato, eles foram dados como desaparecidos.

Diante disso, na manhã de hoje,por volta das 12 horas, pelo menos 15 amigos de Ramos começaram a procurá-lo. Eles então resolveram ir até uma chácara, viram o chão remexido e quando começaram cavar encontraram o corpo de Ramos.

A Polícia está no aguardo do circuito interno de vídeo do posto de gasolina para terminar as investigações.

O crime causou grande comoção na cidade, já que o pecuarista era bastante conhecido e o desaparecimento vinha mobilizando a população desde quinta-feira à tarde.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions