A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

10/08/2012 08:18

Fazendeiros são multados em R$ 740 mil por degradar área em Batayporã

Paula Maciulevicius
A degradação foi dentro de uma unidade de Conservação Federal, onde fazendeiros aprofundavam valetas. (Foto: Divulgação/PMA)A degradação foi dentro de uma unidade de Conservação Federal, onde fazendeiros aprofundavam valetas. (Foto: Divulgação/PMA)

Três fazendeiros foram multados pela PMA (Polícia Militar Ambiental) em mais de R$ 741 mil reais por degradação de Área de Proteção Ambiental em Batayporã, município 311 quilômetros distante da Capital.

Veja Mais
Polícia desarticula “família do tráfico” que mandava droga para Goiás
Sem salário e 13º, enfermeiros de hospital particular iniciam greve dia 12

A degradação foi dentro de uma unidade de Conservação Federal, que permite pela legislação, atividades econômicas, desde que se respeitem regras estabelecidas, para que não aconteçam danos ambientais.

No local, os fazendeiros estavam aprofundando as valetas e ainda aumentando algumas em determinados pontos, na Unidade conhecida como Ilhas de Várzeas do rio Paraná.

Diante da infração, o proprietário da Fazenda São Pedro, foi multado em R$ 277 mil reais, o proprietário da Fazenda Júlia, foi multado R$ 115 mil e o proprietário da Fazenda Santana, em R$ 349 mil. Eles também vão responder por crime ambiental causar dano direto à Unidade de Conservação, com pena de reclusão de um a cinco anos.




Quando se lê esse tipo de notícia e se sabe o que pode acontecer, tem-se a impressão que essas pessoas realmente vão cumprir essa tal de "pena prevista". Vale ressaltar que a pena é prevista mas nunca vista, não é mesmo? Ou alguém já viu fazendeiro ser penalizado por degradação? Até essa multa cobrada aí não se sabe se será mesmo paga.
 
Ocimar Santiago Ramires em 10/08/2012 12:58:29
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions