A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 22 de Fevereiro de 2017

17/06/2013 17:52

Funcionário da fazenda presta depoimento e nega que matou indígena

Evelyn Souza

O funcionário da fazenda preso por suposto envolvimento na morte do indígena Celso Figueiredo negou participação no crime e disse que só ficou sabendo do assassinato, quando viu um grupo de índios em volta do corpo.

Ivonei Gabriel Vieira, de 34 anos foi ouvido pela Polícia na tarde dessa segunda-feira (17) e alegou que a espingarda encontrada na casa dele é de propriedade rural.

O delegado que acompanha as investigações, Rinaldo Moreira, ainda aguarda o Laudo de Exame de Eficiência e Recenticidade de Disparo de Arma de Fogo. “Esse exame vai comprovar se a arma foi utilizada recentemente”, explica.

Ivonei está preso desde o último dia 13. Na casa dele, os policiais encontraram uma espingarda calibre 28, munições, uma camiseta branca com resquícios de sangue e um capacete preto. O funcionário foi preso em flagrante pela posse de arma de fogo.

Depois dos resultados do laudo, Rinaldo explicou que vai decidir se pede ou não a prisão preventiva do suspeito.

Ainda de acordo com o delegado, a Justiça homologou a prisão em flagrante e estipulou fiança de 10 salários mínimos para que o funcionário responda o processo em liberdade. A fiança no valor de R$ 7.780 ainda não foi paga.

Crime - A vítima estava com o pai e ia receber pagamento de R$ 600 por serviços prestados na fazenda Califórnia. Eles foram surpreendidos por um homem de moto, que estava encapuzado.

O autor, armado com uma espingarda e uma pistola, atirou em Celso. O pai da vítima disse à Polícia que, ao ver o filho baleado, correu para a aldeia em busca de ajuda, mas Celso não resistiu ao ferimento e morreu no local. O delegado descarta que o crime tenha ocorrido por disputa de terra.

Morto no dia 12 de junho, o indígena só foi sepultado no dia 15. Os índios guarani-kaiowá queriam enterrá-lo na aldeia Califórnia, local onde foi assassinado. Porém, em reunião com lideranças, representante do MPF (Ministério Público Federal) e Funai (Fundação Nacional do Índio) ficou acertado que somente uma cruz será levada para a fazenda.

Homem é preso ao ser flagrado se masturbando em biblioteca
Um homem de 54 anos foi preso às 14h de ontem (21) ao ser flagrado se masturbando dentro da biblioteca municipal de Três Lagoas, distante 338 km de C...
Ex-mulher identifica corpo de homem encontrado em fundo de casa à venda
Foi identificado como Geraldo Bezerra Costa Filho, 58, o homem encontrado morto na noite de segunda-feira (20) nos fundos de uma casa que estava à ve...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions