A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

25/09/2014 11:17

Funcionários da Eldorado recusam proposta da empresa e cogitam greve

Caroline Maldonado
Sindicalistas fizeram manifestação em frente a Fibria na semana passada (Foto: Divulgação/Sititrel)Sindicalistas fizeram manifestação em frente a Fibria na semana passada (Foto: Divulgação/Sititrel)

Em apuração de votos feita ontem, 66,4% dos funcionários da indústria de celulose Eldorado Brasil não aceitaram proposta da empresa de reajuste salarial de 7%. Conforme o Sititrel (Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Papel e Celulose), 777 funcionários participaram do processo eleitoral, sendo que 260 aceitaram o valor e 514 disseram não. Os votos válidos foram contabilizados em 774, em apuração feita nesta quarta-feira (26).

Veja Mais
Votação rejeita proposta de indústria e sindicato espera nova oferta
Trabalhadores de indústria da celulose avaliam ir à justiça por reajuste

Na terça-feira (23), depois de votação, 67% dos funcionários da indústria Fibria também rejeitaram o reajuste, que é o mesmo oferecido pela Eldorado e International Paper, ambas com unidades em Três Lagoas, a 338 quilômetros de Campo Grande.

O Sititrel enviará um ofício para a Eldorado Brasil informando a não aceitação dos trabalhadores em relação a proposta oferecida. “Vamos formalizar isso em um ofício e protocolar na empresa, depois iremos aguardar durante 10 dias uma nova negociação”, explicou Almir Morgão, presidente da entidade.

Segundo Morgão, a greve ainda não está descartada pelos sindicalistas, “se essa nova proposta não agradar vamos para a justiça e depois será deflagrada a greve, o que nossa classe está buscando é o reconhecimento do trabalho que eles realizam na empresa, queremos valorização”, concluiu o presidente.

Reivindicação - Em negociação que se estende desde julho deste ano, as empresas propõem aumento de 7%, que significa ganho real de 0,67%, já os sindicalistas querem reajuste de 8,33%, que daria aumento real de 2%. Na semana passada, funcionários e representantes do sindicato fizeram manifestações em frente as unidades da Fibria e Intarnational Paper. Na terça-feira (23), a Fibria informou que permanece firme na proposta de 0,63% de ganho real aos seus funcionários.

A Eldorado Brasil informou na terça-feira (16) que mantém diálogo aberto com o Sititrel, mas prefere não comentar os assuntos que estão em negociação. Após a manifestação de segunda-feira (15), a International Paper informou que está negociando com o Sititrel, mas não sinalizou uma contraproposta.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions