A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

03/06/2013 12:43

Funcionários protestam contra fechamento de comarca em Batayporã

Aline dos Santos
Grupo quer impedir desativação de comarca criada há 19 anos. (Foto: Marcos Donzeli)Grupo quer impedir desativação de comarca criada há 19 anos. (Foto: Marcos Donzeli)

Os funcionários do Fórum de Batayporã protestaram nesta segunda-feira contra o fechamento da comarca. O grupo fez passeata da avenida Brasil até a rotatória entre as rodovias MS-134 e MS-276.

Veja Mais
Líder do governo prega respeito às decisões do TJ sobre comarcas
Desativação de comarcas pode levar deputados a barrar projetos do TJMS

O prefeito de Batayporã, Beto Sãovesso (PSDB), e vereadores também participaram do manifesto. “O acesso à Justiça seria dificultado e a população mais carente seria a mais prejudicada”, afirmou o prefeito ao site Nova News.

Segundo os funcionários do Fórum, caso o TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) desative a comarca, o atendimento da defensoria pública e promotoria de justiça serão levados para Nova Andradina, a 10 km de Batayporã.

Com o fechamento, moradores de Taquarussu também serão prejudicados, pois o município também é atendido pelo Fórum de Batayporã, que funciona há mais de 19 anos. As comarcas que correm o risco de fechar são de Itaporã, Batayporã, Angélica, Bela Vista, Anastácio e Dois Irmãos do Buriti.

No último dia 14 de maio, o TJ/MS adiou a decisão por 30 dias. Neste prazo, serão solicitados recursos financeiros ao governo do Estado para que os órgãos continuem em funcionamento.

 

Tribunal de Justiça adia decisão sobre desativação de seis comarcas do Estado
O Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJ-MS) adiou em 30 dias a decisão de desativar seis comarcas do interior do Estado em razão das dificuld...
Servidores podem entrar em greve contra fechamento de comarcas
Os servidores do TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) podem entrar em greve contra o fechamento das comarcas de Angélica, Dois Irmãos do ...



Enquanto isso, segundo este jornal, com noticia publicada no mesmo dia 03/06, os magistrados recebem o "vale caviar" que variam entre 1.000 e 1.200 reais por mês, isso é brincar com a população destes municípios que podem fechar as portas de suas comarcas por "contenção de despesas". Durma com um barulho desse, é brincadeira...
 
Sandra Bonilha em 04/06/2013 15:22:41
Ao invés de fecharem as comarcas os magistrados podiam diminuir os seus gastos que em muitos casos são desnecessários, não sei até quando o Brasil em geral ficará assim, aceitando cada coisa sem precedentes.
 
Diego Souza em 03/06/2013 13:45:00
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions