A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

02/07/2013 23:35

Funcionários que atearam fogo em ônibus são encaminhados para presídio

Viviane Oliveira
Operários colocaram fogo em ônibus e caminhão. (Foto: Perfil News)Operários colocaram fogo em ônibus e caminhão. (Foto: Perfil News)

Os dois funcionários detidos nesta terça-feira (2) da empresa UFN3, prestadora de serviços da Petrobras na construção de uma fábrica de fertilizante em Três Lagoas, foram encaminhados para a Penitenciaria de Segurança Média do município.

Veja Mais
Após incendiarem ônibus, dois funcionários são presos em Três Lagoas
Operários de obras da Petrobras fazem quebra-quebra em alojamento

De acordo com a Polícia Federal, Juvenal Jorge de Souza, de 21 anos, e Dilermando Rodrigues Lacerda, de 37 anos, vão responder por quatro crimes: atentando contra a liberdade de trabalho, incêndio, dano e desobediência.

Ainda segundo a Polícia não foi arbitrada fiança, pois a pena para o crime de incêndio é superior a 4 anos. Os dois foram encaminhados para o presídio de Três Lagoas e, agora a justiça é quem vai decidir o destino dos dois trabalhadores.

A prisão - A prisão ocorreu porque os dois estavam entre os protestantes que depredaram o alojamento da empresa na noite de ontem (1º), bem como colocaram fogo em um ônibus e caminhão da Petrobras nas proximidades do alojamento na manhã de hoje (2).

A manifestação começou ontem por volta das 22h30 quando alguns trabalhadores ficaram sabendo do resultado da audiência realizada na manhã de ontem (1) na sede do TRT (Tribunal Regional do Trabalho) em Campo Grande. Vendo que as reivindicações do movimento grevista não avançaram. Os empregados, que na maioria são de outros estados, ficaram revoltados.

Negociação – Segundo matéria publicada no site do TRT, a reunião durou cinco horas e de forma consensual, a empresa UFN3 comprometeu-se a instalar, aparelho de ar condicionado em todos os apartamentos do alojamento dentro de 120 dias e em ampliar 30%, em até 180 dias, a capacidade do refeitório.

Também em 120 dias deverá realizar a classificação dos trabalhadores ocupantes dos cargos de ajudantes e corrigir os desvios de função que foram comprovados e compromete-se a depositar o valor da folga de campo até o dia 20 antecedente ao mês da "baixada".

Foram garantidas alterações nos horários de ônibus do comodato para Três Lagoas nos dias úteis e nos finais de semana, assim como mais locais de parada do ônibus. Ficou acordado que os dias paralisados serão compensados aos sábados e que amanhã os trabalhadores retornarão aos postos de trabalho às 7h.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions