A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 25 de Fevereiro de 2017

15/12/2013 14:29

Garota de 17 anos morre de infarto; família alega tensão por conta da escola

Viviane Oliveira
Barbara morreu aos 17 anos de infarto fulminante. (Foto: divulgação)Barbara morreu aos 17 anos de infarto fulminante. (Foto: divulgação)

A adolescente Barbara Rodrigues Marcon, 17 anos, morreu no inicio da tarde de ontem (14), em Sidrolândia, vítima de infarto fulminante. A menina estava muito acima do peso, chegou a ser socorrida, mas não resistiu e morreu antes de chegar ao hospital.

De acordo com o site Região News, o padrasto da jovem, Divino Salvio, disse que nos últimos dias Barbara teria fica muito nervosa e tensa porque havia ficado de recuperação na escola.

Segundo informação da família, durante a semana Barbara chegou a reclamar de dores no peito. Ela foi levada a uma unidade de saúde e o médico receitou medicamentos a base de fluoxetina para reduzir a ansiedade, analgésico, além de pedir um ecocardiograma que estava marcado para amanhã.

O corpo da menina esta sendo velado na capela da Pax Bom Jesus no Bairro São Bento e deverá ser sepultado neste domingo às 16h no cemitério São Sebastião.

Justiça absolve professor condenado a 61 anos por abuso sexual
O TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) absolveu o professor André Félix dos Reis, que havia sido condenado a 61 anos de prisão por estup...
Bêbada, mulher ameaça jogar própria filha na frente de veículos em avenida
Uma mulher de 26 anos, em visível estado de embriaguez, ameaçou matar a própria filha, de 4, jogando a criança na frente de veículos que passavam em ...
Jovem acaba espancado por bandidos ao tentar reagir a assalto em bar
Um jovem de 19 anos foi espancado por bandidos durante um assalto sofrido na madrugada deste sábado (25), em um bar de Três Lagoas (a 338km de Campo ...



Meus pesames á sua família Tamara Marcon... Sinto muito... Em que série ela estudava?
 
Isabella Santos em 17/12/2013 10:36:00
Sra Heloa Batista, a sra nao deve ter lido a reportagem, ou se faz de burra, a Manina foi sim levada ao medico e ela praticava sim exercícios, e qual adolescente que nunca fico de recuperação???? quem é vc pra dizer que a nossa família nunca se importo com as notas dela na escola? não comece a falar oque não sabe.
 
Tamara Marcon em 16/12/2013 13:24:16
o descaso e despreparo de certos médicos em postos e unidades de saúde de MS é a realidade, não estão preparados para diagnosticar nem uma gripe ainda mais um infarto.
 
Sueli Arantes em 16/12/2013 12:43:20
Imaginem, a culpa não é da família que não controla a alimentação dessa menina, que não a incentiva a fazer exercícios, ou que se preocupa com as dores no peito que ela havia reclamado durante ao longo da semana. Ou mesmo que não se preocupou, durante todo o ano, com as notas baixas dela. É fácil tirar a culpa de si mesmo e colocar no resto do mundo...
 
Heloá Batista em 16/12/2013 10:07:45
A menina estava muito acima do peso e a culpa é da tensão por conta da escola... quando não se quer enxergar a verdade fica difícil.
 
Mateus Souza em 16/12/2013 09:57:57
Sinto muito pela fatalidade, mas dizer que foi por conta de ter ficado de exame, pelo amor de Deus, nos poupe.
 
maria aparecida farias em 16/12/2013 08:19:17
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions