A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

30/08/2011 16:43

Garota de 18 anos grávida é espancada por 10 pessoas em Ribas do Rio Pardo

Francisco Júnior

Grupo de agressores era formado por adolescente

Uma garota de 18 anos grávida de 7 meses foi espancada por um grupo formado por adolescentes e adultos, em Ribas do Rio Pardo, município localizado a 103 quilômetros de Campo Grande. O fato aconteceu na madrugada do último domingo (28), em frente a um clube.

De acordo com o delegado Reginaldo Salomão, a agressão aconteceu depois que a vítima tentou reaver o seu celular que havia sido roubado. Ela encontrou o aparelho com um adolescente. “Ao tentar pegar o aparelho ela recebeu duas rasteiras. Ao cair no chão, o grupo a chutou e deu vários tapas em seu rosto”, disse o delegado.

Segundo ele, o grupo era formado por seis adolescentes, sendo duas meninas e quatro meninos com idades entre 14 e 17 anos, e dois adultos: Reginaldo da Silva Pin, 35 anos e Luciano Ferreira da Fonseca, 25 anos. “Eles chutaram a barriga dela, causando vários ferimentos”.

Populares presenciaram o espancamento e acionaram a Polícia Militar. Os oito agressores foram encaminhados para a delegacia e autuados pelo crime de roubo impróprio. Todos os envolvidos têm passagem pela polícia pelos crimes de roubo e tráfico de drogas.

Ainda no domingo, por volta das 14 horas, após registrar o boletim de ocorrência, a vítima foi agredida novamente por dois homens. Um deles é Diego Cariaga dos Anjos, 19 anos, irmão de um adolescente apreendido. “Ele mandou a garota voltar na delegacia e retirar a queixa”, disse o delegado.

Diego, que já tem uma ficha criminal extensa, está foragido. Ele é suspeito de esfaquear o próprio sogro. O outro agressor a polícia ainda não conseguiu identificar.

Segundo o delegado, um dos adolescentes, que tem 17 anos, já cometeu mais de 30 crimes. “Nós apreendemos com ele uma máquina de choque. Quando ia cobrar as dividas de droga ele usava a máquina para ameaçar os clientes”, relatou o delegado.

Outro garoto, que também foi apreendido, saiu recentemente da Unei (Unidade Educacional de Internação) onde esteve internado após cometer um assalto e quase matar um idoso a pauladas.

Os seis adolescentes continuam apreendidos na delegacia aguardando vagas nas unidades de internação do Estado. Já Reginaldo e Luciano foram transferidos nesta terça-feira para um presídio de Campo Grande.

Conforme o delegado, a garota de 18 anos não sofreu nenhum ferimento grave e passa bem.

Marido agride mulher com garrafada e se tranca em casa com medo da polícia
Mulher de 42 anos foi agredida pelo marido com uma garrafada no sábado (3), após ser vista conversando com as amigas em sua casa em Dourados, distant...
Domingo é de redação no segundo dia de prova do Enem em Paranaíba
Candidatos do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) em Paranaíba, distante 422 quilômetros de Campo Grande, fazem neste domingo (4) as provas de reda...



Daqui a pouco esses adolescentes vão matar outro taxista... se não for feito nada.
 
WEINY WALLACY OLIVEIRA BARBOSA SANTOS em 30/08/2011 08:34:00
nossas leis são muito brandas, estes atos covardes estão acontecendo pela certeza da impunidade principalmente quando envolve menores adolescentes.
 
vanderley rufino de souza em 30/08/2011 06:16:13
esses adolescentes reincidentes no crime deveriam ser punidos com mais rigor e responder criminalmente pelo ato infracional, será mesmo que um adolescente com mais de 30 crimes não pode ser responsabilizado pelo seus atos?
 
kelly cristina da silva ferreira em 30/08/2011 05:45:19
covardes.
 
gislene cardoso em 30/08/2011 05:08:48
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions