A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 25 de Fevereiro de 2017

20/06/2011 15:47

Com investimento de R$ 1 bi, pedra fundamental de usina é lançada em Costa Rica

Viviane Oliveira
Puccinelli descerrou a placa que marca oficialmente o lançamento da pedra fundamental. (Foto: Divulgação) Puccinelli descerrou a placa que marca oficialmente o lançamento da pedra fundamental. (Foto: Divulgação)

Com investimento de R$ 1 bilhão a instalação da futura unidade produtora de etanol e energia elétrica do Grupo ETH Bionergia já está em construção no município de Costa Rica. O governador André descerrou a placa que marca oficialmente o lançamento da pedra fundamental do município.

Localizada na estrada que liga o município de Alcinópolis, a usina terá capacidade de processar 360 milhões de litros de etanol anualmente e gerar 1,8 mil empregos diretos.

De acordo com o governador André Puccinelli, quando assumiu o governo estadual a meta era de investir no setor de florestas, sucroalcoleiro e de turismo. “Há 50 anos o Estado era produtor de carne bovina, depois veio a carne de aves e de suínos e no último 40 anos iniciou o ciclo de grãos, como o de soja. Tínhamos que investir também em outros setores”, disse.

O governador lembrou que no Estado eram apenas dez usinas, que não geravam energia suficiente, e que o setor foi modernizando chegando a colheita mecanizada de cana e não mais a queima. “Passamos de nono para quinto lugar no ranking nacional de produção de cana e estamos chegando à quarta posição com 21 usinas e outras três que iniciam a produção ainda este ano”, informou.

Conforme o presidente do Grupo ETH, José Carlos Grubisich, a meta é inaugurar a unidade no mês de outubro deste ano.

Para o presidente da Biosul (Associação dos Produtores de Bionergia de Mato Grosso do Sul) Roberto Hollanda Filho, a ETH evidencia a importância do Estado no contexto nacional de produção de bionergia ao lançar a pedra fundamental da Usina Costa Rica.

Segundo ele, hoje Mato Grosso do Sul conta com 21 usinas em produção e com previsão de outras três entrarem em operação ainda neste ano, já incluindo a unidade de Costa Rica.

Ao participar da cerimônia de lançamento da pedra fundamental da usina de álcool e energia elétrica, o presidente da Fiems, Sérgio Logen, destacou a presença do Senai junto ao setor sucroenergético com a qualificação de 1.515 trabalhadores do ano passado e previsão de capacitar mais de 1.700 pessoas até o fim deste ano.

Justiça absolve professor condenado a 61 anos por abuso sexual
O TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) absolveu o professor André Félix dos Reis, que havia sido condenado a 61 anos de prisão por estup...
Bêbada, mulher ameaça jogar própria filha na frente de veículos em avenida
Uma mulher de 26 anos, em visível estado de embriaguez, ameaçou matar a própria filha, de 4, jogando a criança na frente de veículos que passavam em ...
Jovem acaba espancado por bandidos ao tentar reagir a assalto em bar
Um jovem de 19 anos foi espancado por bandidos durante um assalto sofrido na madrugada deste sábado (25), em um bar de Três Lagoas (a 338km de Campo ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions